Home»Destinos Nacionais»São Paulo»Aparecida do Norte»Visitando o Santuário de Aparecida – SP

Visitando o Santuário de Aparecida – SP

0
Shares
PinterestGoogle+

Não sou muito de fazer turismo religioso, mas alguns lugares acho imprescindíveis de conhecer no país, e um deles é o Santuário de Aparecida, no Estado de São Paulo.

Como estávamos em Campos do Jordão – e apenas 73 km separam uma cidade da outra – aproveitamos pra dar uma esticadinha até Aparecida, a fim de visitar a maior igreja do país. Apesar de eu ter morado 6 anos em São Paulo, nunca havia visitado o local.

Distância de São Paulo: 170 km

Distância do Rio de Janeiro: 266 km

Distância de Belo Horizonte: 515 km

Pra quem vai de carro, não esqueça de sacar dinheiro para pagar o pedágio (R$14,40/ida-valores 2018).

Foi em 1717 que o Brasil ganhou uma Padroeira, que se deu com o aparecimento de uma imagem nas águas do Rio Paraíba, encontrada por três pescadores. Desde então a imagem se popularizou Brasil adentro, o que culminou muitos anos depois no que conhecemos atualmente como a Padroeira do Brasil.

Batistério de Aparecida
Batistério de Aparecida

Fiéis vinham de todos os cantos do Brasil para pagar promessas e rezar para a Santa, o que consequentemente aumentou a necessidade de um local grande e que pudesse abrigar o número elevado de devotos. A igreja que visitamos atualmente, também chamada de “Basílica Nova”, já é a terceira erguida na região, tendo sido encomendada pelo Cardeal D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, em 1947, ao arquiteto Benedito Calixto. O início efetivo da construção ocorreu no ano de 1955.

Santuário de Aparecida: A visita é bem organizada e é tudo bastante sinalizado
Santuário de Aparecida: A visita é bem organizada e é tudo bastante sinalizado

No dia 03/10/1983, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – nomeou, oficialmente, a Basílica de Aparecida como Santuário Nacional. Essa mesma CNBB determinou que a festividade fosse comemorada no dia 12 de outubro, pois de acordo com pesquisas, seria uma data aproximada da data que os pescadores encontraram a imagem.

Detalhes da Cúpula do Santuário de Aparecida - SP
Detalhes da Cúpula do Santuário de Aparecida – SP
Por dentro do Santuário de Aparecida
Por dentro do Santuário de Aparecida
Santuário de Aparecida - SP
Santuário de Aparecida – SP

Atualmente o Santuário de Aparecida é o segundo maior templo católico do mundo, atrás somente da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Possui 143 mil m² de área construída ao longo de todo o Santuário e já recebeu visita de três papas: João Paulo II, Bento XVI e Papa Francisco.

Porta Santa do Santuário: Conforme a tradição, a porta só é aberta de 25 em 25 anos e, segundo a crença católica, quem passar pela Porta recebe a indulgência, equivalente ao perdão dos pecados.
Porta Santa do Santuário: Conforme a tradição, a porta só é aberta de 25 em 25 anos e, segundo a crença católica, quem passar pela Porta recebe a indulgência, equivalente ao perdão dos pecados.

O Santuário tem excelente infraestrutura para o visitante e dispõe de rampas de acesso para pessoas com deficiência física, ambulatório médico, amplo estacionamento (R$18 a diária), além de um Centro de Apoio ao Romeiro, que conta com uma enorme praça de alimentação a preços bem acessíveis, caixa eletrônico, além de dezenas de lojinhas.

Curiosamente, 2017 foi o ano que o Santuário mais recebeu visitantes, com um público de aproximadamente 13 milhões de romeiros.
Centro de Apoio ao Romeiro
Centro de Apoio ao Romeiro
Lembrancinhas da loja oficial de dentro do Santuário
Lembrancinhas da loja oficial de dentro do Santuário

+ Faça aqui sua reserva de hotel em Aparecida – SP

Recomendo cautela com as fotos, pois trata-se de um lugar de oração, sendo necessário que o visitante tenha bom senso (eu, por exemplo, confesso que não me senti muito à vontade pra tal). Em alguns lugares, como a Sacristia, não é permitido fotografar.

Imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Santuário de Aparecida
Imagem de Nossa Senhora Aparecida, no Santuário de Aparecida

Durante a visita, além de percorrer a Igreja como um todo, recomendo que vá na Sala das Promessas, localizada no subsolo, em que podemos ver diversos objetos, cartas, fotos e testemunhos de fé dos devotos mais anônimos e também dos mais conhecidos.

Sala das Promessas
Sala das Promessas
Sala das Promessas
Sala das Promessas

O Santuário tem uma energia incrível e poder chegar perto da imagem, por mais que seja algo meramente simbólico, é realmente emocionante por tudo de bom que representa. É um momento para agradecer, fazer pedidos e de fato renovar a fé e a energia espiritual. 🙂

Fiquei muito feliz de visitar o Santuário com minha mãe e conhecer um pouquinho mais desse mundo com ela. 🙂

CONTINUE LENDO:

Post anterior

Campos do Jordão: Dicas e roteiro de viagem

Next post

Como é o menu executivo do Sal Gastronomia, do chef Henrique Fogaça

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.