Home»Moradias»Brasil»Natal - RN»Morar em Natal – Parte I

Morar em Natal – Parte I

7
Shares
PinterestGoogle+

Tudo começou em uma viagem que fiz com meu marido pra capital potiguar, que balançou nossos corações – e nossos planos. O tempo passou, continuamos em São Paulo, nos mudamos pra Madrid e retornamos pra São Paulo, quando chegou a hora de colocar em prática o que havíamos planejado: morar em Natal. Uns acharam loucura, outros acharam demasiado rápido, outros acharam uma ótima decisão. Nós, na época, sinceramente não sentíamos nada, nada além de insegurança e a sensação de que estávamos dando “um tiro no escuro”. E assim é a vida. Caso não tivéssemos tido a iniciativa, provavelmente ainda estaríamos em Sampa com meu marido reclamando.

Chegava a hora de procurar transportadora. Em São Paulo a voltagem é 110V enquanto que em Natal é 220V, mas como havíamos nos casado relativamente há pouco tempo e tínhamos muitas coisas boas, valia a pena encaixotar tudo e comprar uns transformadores pra resolver o problema da voltagem. Caso você esteja com planos de se mudar e suas coisas não sejam muito boas ou já estejam muito velhinhas, financeiramente não vale a pena pagar transportadora (alô OLX!).

Fiz orçamentos com diversas transportadoras com nome no mercado e que ofereciam o serviço de seguro da carga, agendei visita com a Confiança Mudanças e Transportes e definitivamente foi uma das piores coisas de nossa viagem. O pré-venda foi ótimo, funcionários muito atenciosos, equipe de preparo da mudança conseguiu empacotar tudo em um só dia e não tivemos que nos preocupar em embalar nada, eles fizeram todo o serviço. Claro, serviço esse pago 100% antecipado, no valor de R$6.200,00 + seguro (valores de 2015). Vale ressaltar que esse serviço que contratamos é o de carga compartilhada, quando o caminhão vai com coisas suas e de outras pessoas e tem o prazo máximo de 30 dias pra chegar ao destino. Caso tivéssemos optado por carga exclusiva, com prazo no máximo em 10 dias úteis após a coleta, o preço subiria pra R$13 mil MAIS seguro. Em relação ao prazo nada a reclamar, 25 dias após levarem as coisas de minha casa em São Paulo chegou em nossa casa de Natal.

Fazendo sua reserva de hospedagem em Natal por esse link, você ajuda o blog a se manter vivo e não paga nada a mais por isso! :)

Porém, alguns funcionários já não eram tão atenciosos e tivemos alguns problemas como: avaria na geladeira, na lava-louças, televisão totalmente quebrada, jarra de cristal quebrada (já reembolsado), funcionários com pouco preparo e que sujavam todas as paredes na montagem dos móveis… enfim, MUITA dor de cabeça. Não vou me ater aqui a descrever o caso, pois o 2° Juizado Especial Cível Central de Natal cuidou disso. Só pra deixar vocês a par, me mudei em maio de 2015, escrevi o post em fevereiro de 2016 e a causa só foi resolvida em agosto de 2016 (ganhamos, claro).

Procuramos imóveis em imobiliárias e nas ruas, pois muitos prédios têm plaquinhas em frente com o telefone dos proprietários, que optam em fazer o contrato sem intermediações. Indico muito a corretora Geiza Nunes, da Remax, atenciosa desde o primeiro contato por telefone. Infelizmente acabei não fechando com ela, pois o apartamento que eu mais gostei – o meu – ela não estava como corretora. Fechei negócio com a Reference Imobiliária, mas visitei também a Remax e a Procuradoria de Imóveis, além de fazer pesquisas na internet.

Procurei apartamentos nos seguintes bairros e vou contar um pouquinho o que achei de cada um:

Ponta Negra: Apartamentos pequenos com cozinha estilo americana, mais voltados pra turistas e pra locação por temporada. Consequentemente cubículos mais caros e com tudo mais caro nas redondezas também. Bairro gringo, muito comum tropeçar com estrangeiros e com turistas perdidos ou passeando. Bairro praiano, não se assuste se estiver chegando em casa após um dia de muito trabalho se deparar com pessoas andando de biquini em plena segunda-feira às 18h. Vida noturna ótima com vasta opção de restaurantes, barzinhos, lanchonetes, albergues, hotéis, baladinhas, etc. 2 dos Restaurantes Camarões estão nesse bairro, assim como o La Brasserie de la Mer, de Erick Jacquin, o mais premiado chef francês no Brasil. Não morei na Ponta Negra, mas tenho a sensação de que não parece um bairro bom pra morar, e sim pra passear ou passar uma temporada.

Capim Macio: O que mais gostei e o que escolhi pra morar. Vizinho colado à Ponta Negra, mas muito mais residencial. Temos quase tudo perto e muita tranquilidade a qualquer hora do dia. Bons restaurantes, padarias, 3 faculdades, pronto-socorro, pelo menos 4 supermercados grandes, farmácias, bancos, tudo a um estalar de dedos. E mesmo tendo tranquilidade e não estando no olho do furacão do turismo, estamos a 5 minutinhos da praia de Ponta Negra. O único ponto negativo é que quem não mora tão perto da Av. Engenheiro Roberto Freire, a avenida em que passam a maioria dos ônibus, fica difícil de se locomover sem carro. Não passa ônibus nas ruas paralelas à avenida, em que estão a maioria dos prédios e residências. Como é tranquilo até demais, sinto uma certa insegurança na hora de caminhar pelas ruas. Sensação de cidade fantasma, sabe?  Mas, se você tem carro, no problem.

Lagoa Nova: Nesse bairro tem tudo. Só não tem praia. Mas considerando que Natal não é uma cidade grande, isso não chega a ser um problema, pois basta percorrer alguns km e lá estará a praia brilhando lindamente pra você. Quando estávamos ainda procurando apartamento nos hospedamos um tempo nesse bairro e deu pra perceber que Lagoa Nova é um mix de tudo: comercial e residencial. Muitos prédios novos, muitas padarias, shoppings, cinema, teatro, restaurantes, bancos, clínicas, lojas, faculdades, escolas, hospitais, e tudo aquilo que a gente imagina que tem em uma cidade urbana. Gostei do bairro, mas achei um pouco caótico nos horários de pico, muito carro, muito trânsito (ainda que o trânsito daqui seja uma piada), barulho, buzinas, bi, bi, biiiiii. Não era bem isso que procurávamos (estávamos “fugindo” de São Paulo), então descartamos. Se você optar por morar nesse bairro, não será necessário ter carro.

Nova Descoberta: Esse bairro é quase uma extensão do anterior, mas menor e mais residencial. Muitos prédios baixinhos o completam. Na época estávamos namorando um ap novinho que gostamos bastante e era de frente pras dunas. Acho também que é necessário ter carro pra se locomover com mais facilidade se morar lá, pois todas aquelas coisas que imaginamos que têm em centros urbanos estão no bairro citado anteriormente.

Não chegamos a ver apartamentos em Petrópolis, outra opção boa em Natal. Bairro muito comercial também, com muitas lojas, galerias, academias tops e restaurantes chiquêêês. Mas uma coisa me chamou atenção, parece que todos os médicos e dentistas da cidade estão nesse lugar. Os maiores hospitais também. Os maiores laboratórios também. Vira e mexe tô por lá, pois é lá que meu dentista atende. Minha endocrino também. E sempre que preciso fazer algum exame, opto por um dos laboratórios que estão por lá – as opções são enormes. Caso você trabalhe na área da saúde,  tem grande chance de trabalhar nesse bairro. Não cogitei morar em Petrópolis pois já tinha me apaixonado por Capim Macio antes mesmo de conhecê-lo, mas confesso que ele é charmosinho… 🙂

Transporte público em Natal é precário, e não digo nem em relação à qualidade dos ônibus, pois são bem parecidos com os que estamos acostumados nas outras capitais, mas sim à quantidade da frota, que é muito pequena. Coitado de quem precisa esperar ônibus aqui, rotas muito limitadas e caras. Uma passagem custa R$2,90 (valores de fevereiro de 2016) e nem sempre tem cobrador, você paga diretamente ao motorista – que nem sempre tá de bom humor.

Por falar em transporte, na época da mudança compramos um carro de uma amiga de Belém, e trouxemos o carro de lá pra cá com uma transportadora local especializada em veículos chamada Transcarlos. Não tivemos problemas e chegou dentro do prazo de 10 dias que ofereceram. O pagamento foi realizado na retirada do veículo em Natal, e nos cobraram R$ 1.200,00 (com seguro incluso averbação através da Seguradora Allianz ou Tóquio Marine). O carro chegou meio imundo, mas inteiro e dentro do prazo.

UPDATE: Me mudei de Natal e atualmente estou no Rio de Janeiro. Levei o carro com a mesma transportadora do parágrafo anterior e o orçamento ficou em R$1100,00 (valores de 2016). Novamente não tive problemas com o transporte.

Não quero me extender mais pois o post já está ficando gigante, então vou deixar pro próximo post outras informações úteis sobre morar em Natal. Fiquem ligados e qualquer dúvida é só chamar! 🙂

Post anterior

Praia de Genipabu

Next post

Morar em Natal - Parte II

84 Comments

  1. 24/03/2016 at 7:20 pm — Responder

    Lendo tudo!!

    • 02/04/2016 at 12:26 am — Responder

      Leia tudo e volte sempre! haha…beijos!

    • 30/11/2016 at 4:44 pm — Responder

      vontade enorme de viajar….. queria ter dinheiro

      mudanças em goiania

      • 02/12/2016 at 10:23 am — Responder

        Fazendo pequenos ajustes nas finanças a gente já consegue economizar um bocadinho, viu? 🙂

      • 16/09/2019 at 4:26 pm — Responder

        Ótimas dicas até aqui Rafa. Obrigado!

        ((Nada melhor que descontar com a justiça os péssimos serviços de alguma empresa necesitando melhor atendimento ao cliente pra compensar danos morais e materiais. Ja passei por isso tbm)).
        Estou parando em Ponta Negra mas possívelmente considerarei sua recomendação ao respeito de Capim Macio pra uma futura longa estadia em Natal!
        Bjs

        • 16/09/2019 at 10:30 pm — Responder

          Obrigada, Theo! Que bom que gostou do post! Desejo boa estadia em Natal. Um abraço

      • Natalia
        05/11/2019 at 6:25 pm — Responder

        Rafa como é a área de educação?
        E saúde?

        • 09/11/2019 at 3:27 pm — Responder

          Olá Natália, sugiro que leia o post: /morar-em-natal-2/ e ler os comentários tanto deste, quanto do outro post. Quando cheguei em Natal já era formada e não vivi nada relacionado à área de educação. Quanto à saúde, como em todo lugar do Brasil, se tem plano de saúde privado não terá dificuldade em encontrar bons médicos. Meu plano de saúde era Amil e era um dos melhores de lá, pois tem ampla aceitação. Bjs e boa sorte!

  2. gustavo santos
    17/11/2016 at 11:09 am — Responder

    Em janeiro estou mudando para Natal, poderia me dizer mais sobre a criminalidade e violência de la ?

    • 18/11/2016 at 4:26 pm — Responder

      Oi Gustavo! Então, durante minha estadia em Natal achei as pessoas muito “neuradas” com relação a isso. Mas, sinceramente, nunca passei por nenhum perrengue. Natal é uma cidade pra andar de carro, a pé acho meio esquisito, pois muitas ruas são muito desertas e acho que pode ser perigoso. Vez ou outra escutávamos falar de algum assalto, mas nunca com nenhum conhecido. Escolha bairros bons pra morar, pois são menos suscetíveis a esses problemas. Boa sorte na sua mudança! Aproveite Natal!

      • Raquel
        11/04/2018 at 10:49 am — Responder

        Rafaella, porque agora está no RJ? cansou de Natal?

        • 11/04/2018 at 11:35 am — Responder

          Oi Raquel, por motivos profissionais. Em Natal não tinha muita perspectiva de melhora nesse sentido. Um abraço!

      • Maria Tereza
        27/05/2019 at 8:20 pm — Responder

        Oi Rafaella então qual foi o feedback sobre Natal
        Vale acorns morar?Porque foi pravo Rio??
        Moro no interior de São Paulo e tenho uma filha de 15 especial …..pra mim qq lugar vale vivemos as duas uma pela outra

        • 28/05/2019 at 9:35 pm — Responder

          Olá, fui por causa do trabalho do meu marido. Natal só recomendo se vc já tiver uma renda ou emprego certo, do contrário é muito difícil. Desejo boa sorte a vcs!!

          • Tales Queiroz
            02/07/2019 at 7:03 pm

            Penso em me mudar pra natal, a minha preocupação é com relação a empregabilidade. Sou engenheiro de energia e o RN tem um enorme potencial eólico/solar, no entanto, pra mim que moro no Paraná atualmente reflete em empregos gerados na região (pois não estou no RN

          • 07/07/2019 at 5:21 pm

            Oi Tales! Pense duas vezes mesmo. Emprego lá é muito ruim! Meu marido também é engenheiro (Dr. em solar) tem um puta CV e ainda assim as opções eram bastante limitadas. Um abraço e boa sorte!

  3. 07/01/2017 at 5:03 pm — Responder

    Obrigado Rafa pelo post informativo estou com muita vontade de morar em Natal em 2017 e como sou de SP tb vc me encorajou pois tinha medo de segurança e principalmente de não conhecer ninguém e demorar para me adaptar.
    Muita Luz pra ti!

    • 09/01/2017 at 9:56 am — Responder

      Oi Duda!! Então, eu me adaptei fácil a Natal, afinal quem não se adapta a uma melhora substancial na qualidade de vida né? kkkk. Porém, no quesito “trabalho” confesso que foi difícil pra mim. Eu trabalhava de segunda a sábado e ganhava super mal. Mas foi o que apareceu, né? Então temos que abraçar as oportunidades. Não recomendo ir sem nada em vista. Boa sorte!!! Um abraço!

  4. Sandra Regina
    12/01/2017 at 5:21 pm — Responder

    Oi Rafaella, adorei o seu post. Eu e meu marido somos de SC, ano passado fomos passar férias em Natal e bateu aquela vontade enorme de mudar de vida.
    Pesquisamos sobre tudo. Mudança, transportadoras, alugueis que é MUITO barato por lá, porém realmente o que nos travou foi a questão salarial de Natal, o que é considerado um bom emprego lá e na faixa de R$2.000 e dê graças se encontrar!! Estamos amadurecendo a ideia, pra quem sabe empreender algo por lá!
    Você tem filhos em fase escolar? Percebi que a educação tbem é bem precária.

    • 13/01/2017 at 9:56 am — Responder

      Exatamente isso, Sandra! Caso encontre um emprego que pague R$2 mil está com sorte. Infelizmente é a realidade. Não tenho filhos, mas pelo que percebi ao conhecer pessoas de lá, como em qualquer outro lugar do Brasil, pra ter boa educação é necessário investir numa escola privada. O ensino público é precário, mas o privado acredito que não. As creches giram em torno de R$1.000 por mês, mas apresentam boa infraestrutura e muitas são bilíngues (um pouco mais caras). Tenho uma amiga que dá aula p/o ensino infantil e posso me informar com ela caso você tenha outra dúvida específica. Um abraço!

    • Lucy
      16/04/2017 at 5:51 pm — Responder

      Oi Sandra, para quem vem a Natal de férias principalmente pelo clima se apaixona por aqui, eu achei os aluguéis aqui mais altos que de Joinville por exemplo no mesmo patamar que Curitiba e Floripa. Tenho uma filha de 7 e um filho de 10. A educação daqui não tem como ser comparada a de SC (alias sou nascida em SC), escola publica nem pensar, as provadas mais conhecidas tem um valor elevado e em comparação com as do sul deixam muito a desejar apesar de algumas terem boa média no Enem. OS meus estudaram no Cei Mirassol (mensalidade acima de R$ 1200,00) e depois que as sócias fizeram a divisão, esta unidade teve uma queda de qualidade de ensino e profissionais. Mudei eles para o Marista (R$ 850,00) ótima pedagogia porém grandes falhas na equipe, bullyng não tratado pela escola entre outros, ficou bem longe do Marista que eu estudei em Londrina. Este ano estão no Master (R$ 650,00) que é uma escola consolidada em Fortaleza e esta com uma sede aqui a 03 anos, como é uma rede do Ceará que tem um dos melhores ensinos do país com muitas aprovações no ITA percebi uma diferença grande principalmente com disciplina e equipe pedagógica. O Cei Romulaldo e o Ciências Aplicadas que é referência (os dois acima de R$1300,00) são bons. Pesquise muito antes de empreender e tenha em mente que você é de fora e talvez não seja bem aceita, meu produto não tem quem fabrique no estado e mesmo assim eu patino aqui. Sorte e pense bem! A qualidade de vida na nossa SC é bem melhor que a daqui.

      • 16/04/2017 at 8:17 pm — Responder

        Lucy, mais uma vez agradeço sua participação aqui no blog e esse seu comentário caiu do céu, haja vista que como não tenho filhos (e nem amigos com filhos ainda) não conheço quase nada acerca das escolas da cidade. Já trabalhei em uma escola de inglês aí e estava por dentro desse ramo, mas escola normal não tive a menor experiência. Seu comentário será muito útil para meus leitores! Um abraço!

      • 30/01/2018 at 10:18 am — Responder

        Sou de Natal e já morei em Joinville/SC, estudei em escola pública lá (Colégio Osvaldo Aranha) na Glória, muito organizada, mas o ensino era super fraco, na época fazia o último ano do ensino médio, o que tinha visto nos anos anteriores, em Natal, eu fui ver tudo novamente em Joinville, além de, pasmem, a minha Professora de Geografia, isso mesmo, geografia, estranhar o fato de eu e minha família voltamos para o RN, ela me disse a seguinte pérola: “Vcs vão voltar para aquela miséria, todos morrendo de sede e fome”? Então, essa de vir morar aqui e achar que todo mundo é grosso e que sulista é muito educado não cola muito e se tem uma coisa que o povo nordestino tem de bom é a receptividade, sempre foi assim com quem é de fora da cidade, estranho muito essas declarações de quem o povo aqui é frio, tive essa sensação com o Joinvilense, esse sim um povo muito frio, difícil de se fazer amizade, dizem que é por serem basicamente descendentes de europeus.
        PS. Gostei da cidade de Joinville, mas não concordo com o que foi dito aqui. Só isso, me desculpem mas é o que acho!

  5. Carol
    19/01/2017 at 8:53 am — Responder

    Bom dia!
    Estou de mudança para lá mês que vem. Tenho uma filha que está no terceiro ano.
    Gostaria de dicas sobre escolas e bairros mais familiares.
    Obrigada!

    • 27/01/2017 at 9:06 pm — Responder

      Oi Carolina, tudo bem? Então, quando cheguei na cidade eu já era formada, então não sei indicar através de minha própria experiência escolas em Natal. Quanto aos bairros mais familiares indico Capim Macio, onde eu morava. Apesar de ser o bairro vizinho à Ponta Negra, tem uma clima mais familiar e menos “férias”. Gostei muito de morar nesse bairro. Beijos e sucesso na nova morada!

  6. Fabio
    05/04/2017 at 2:36 pm — Responder

    E porque se mudou da cidade Rafaella???
    Estou lendo muitos relatos sobre problemas com segurança. Vc passou por alguma situação de risco??
    Com relação aos bairros, capim macio me parece um bom bairro, masss também estou buscando algo em tirol ou petrópolis!! Sabe algo sobre os mesmos?? Obg

    • 05/04/2017 at 3:00 pm — Responder

      Oi Fábio! Não, nunca passei por nenhuma situação de risco. Só ouvia falar… Tirol e Petrópolis são bairros ótimos também! Uma região mais central e que tem tudo perto. Entre Petrópolis e Tirol, eu ficaria com Tirol. Capim Macio é mais tranquilo e bem mais perto da Praia de Ponta Negra (bom pra quem quer ter tudo perto sem perder o clima de cidade praiana). Me mudei por motivos profissionais. Um abraço e sucesso!!

  7. Lucy
    16/04/2017 at 5:38 pm — Responder

    Olá Rafaela, não tive como não me manifestar sobre Natal, sou do Paraná já morei em 4 estados e na França, estou aqui há 06 anos pois viemos buscar qualidade de vida que alias não encontramos porém devido ao emprego do meu marido temos mais um ou dois anos pela frente. Quanto a qualidade alta de vida, não encontramos, só se for por morar perto do mar em uma das belezas naturais mais estonteantes do Brasil pois o custo de vida é alto e a qualidade de vida não é boa. As comparações que farei são com cidades como Londrina e Curitiba. Os aluguéis são altos e os imóveis (casas) na maioria tem danos causados por inquilinos, já ouvi da advogada de uma grande imobiliária daqui que é uma questão cultural, os proprietários não preservam o imóvel nem os inquilinos porém querem receber o aluguel em geral mais caro que no sul em dia. Quando vier procurar um imóvel seja casa ou apartamento se prepare para o stress pois a chave em geral fica com o proprietário e não na imobiliária e ai até marcarem e você conseguir visitar é realmente um jogo de chateação. Os corretores raramente te retornam, literalmente você tem que correr atrás. Tenham como base de procura a Olx e o Viva Real para as buscas. Capim Macio é um bairro ótimo juntamente com Ponta Negra são bairros que tem pessoas de várias partes do Brasil, é perto das praias e tem uma boa estrutura. Lagoa Nova, Tirol e principalmente Petrópolis são bairros com maior concentração de pessoas naturais daqui, quem vem e quer facilidade em estar perto de tudo eu indicaria Tirol e de preferência apartamento pois as casas são bem antigas e os valores absurdos. Se preparem também para ostentação pois aqui é a terra de se ostentar, como uma conhecida de Fortaleza falou, tem muita gente aqui andando de carrão e não tem um ovo para colocar na mesa, realidade pura. Os salários são baixos, mesmo no ramo hoteleiro que em geral paga bem.
    Violência: um absurdo, viemos procurando fugir da violência que pairava no sul, em 2011 ainda era controlada porém percebíamos que se nada fosse feito chegaria ao ponto que chegou, não nos sentimos seguros nem em entrar e sair de casa, nem de estacionar na rua, nem de estar na praia e passar por um arrastão. Meu marido já foi assaltado 03 vezes: uma na rua de casa as 7hs da manhã a mão armada, outra no estacionamento do Extra da Roberto Freire – Ponta Negra e oura dentro de uma farmácia (assaltaram a farmácia) em Ponta Negra. Esta semana nossa residência foi invadida de madrugada e devido a nossa cachorra de porte médio que nos defendeu o cara fugiu levando celular entre outros. As pessoas não são nada simpáticas, se eles acham que sofre racismo no sul/sudeste é porque não prestam atenção a maneira que agem com quem é de fora, muitas, mas muitas pessoas que conheci de fora tem amigos de fora. Mesmo na escola é dificil as crianças terem um grupo de amigos, não não é exagero é pura realidade. Das dezenas de pessoas de fora que conheci aqui somente duas que vieram há mais de 15 anos quando literalmente não tinha nada e se deram bem gostam daqui. Acostumem com lixo nas ruas, com descaso das suas reclamações e de ser atendido no comércio como se tivessem fazendo um favor para você. Se montar uma empresa como eu fiz tem que tentar ser aceito pois se é de fora será bem mais fácil vender fora do estado do que aqui onde todo mundo tem um conhecido que mesmo fazendo um trabalho ruim será melhor que você que vem de fora. Se prepare para pagar preço alto em frutas, verduras e com uma qualidade mais ou menos…ahhh a água de coco e o abacaxi são realmente doces. Desculpem a sinceridade, quando se conhece Natal e se faz uma pesquisa de mercado parece ser uma terra de oportunidades, porém acredito que muitos tentam fazer daqui uma verdadeira capital porém com m maneira da população local ser Natal nunca sairá do que é hoje atrasada e pequena.

    • 16/04/2017 at 8:14 pm — Responder

      Oi Lucy, tudo bem? Poxa, vejo que sua experiência com a cidade não foi das melhores. Em muitos pontos concordo com você, mas em outros discordo totalmente tratando-se do meu parâmetro de comparação – já morei em 4 Estados diferentes também e sempre nas capitais, com exceção de São Paulo, que morei além da capital em Sorocaba (já morei no exterior também). Em Natal realmente encontrei a qualidade de vida e o baixo custo de vida que tanto procurava, comparado com o que estava acostumada em SP (capital). Belém, mesmo sendo uma cidade bem menor que SP, também tem um custo bem elevado se comparado a Natal (em todos os aspectos). Rio de Janeiro, onde moro atualmente, dispenso comentários do custo de vida rs.
      Em relação à segurança, realmente as pessoas fazem um terror enorme de Natal, e acredito que até seja perigoso de fato, mas qual capital brasileira é segura? Temos que ficar atentos a todo momento, infelizmente. Porém, mesmo com todas as estatísticas, nunca me aconteceu nada na cidade e tampouco com as pessoas próximas a mim. Sinto muito por tudo que aconteceu a você.
      Em relação às amizades, de fato não fiz amizade com nenhum natalense, e deixo isso claro no post (achei as pessoas frias e fechadas), bem diferente do estereótipo do nordestino que o resto do Brasil pensa que seja. Mas acredito que isso seja uma questão cultural também e cabe a nós respeitar. Não fui bem tratada em Florianópolis, por exemplo. Fiquei com péssima impressão de lá. Mas, reitero, isso pode ser algo pontual.
      Quanto às imobiliárias, felizmente não tive problema com nenhuma das que citei no post, inclusive duas das corretoras que negociei eram muito competentes e sérias. Consegui agendar visitas, negociar, etc, tudo sem quaisquer transtornos.
      De qualquer forma diferentes opiniões enriquecem o debate e ajudam os leitores a terem diferentes pontos de vista acerca de algo. Agradeço muito sua participação aqui. Grande abraço e feliz páscoa!

      • 17/10/2017 at 3:13 pm — Responder

        Fui duas vezes à Natal a passeio. Fiquei cerca de 15 dias a cada vez. Relamente, percebi preconceito com quem é de fora, mesmo que velado. Principalmente relativo à emprego.Como sou nascida e criada em São Paulo (capital) acho muito desagradável pois Sampa é terra de todo mundo, do mundo inteiro. Na Paraíba isso é muito comum também. Basta que a placa do carro seja do sul ou sudeste.

    • 30/01/2018 at 10:22 am — Responder

      Lucy, vejo uma opção rápida e legal pra você…Boa viagem de volta pro seu paraíso lá no Paraná! E que Natal continue linda e maravilhosa como sempre foi e será!

  8. 22/06/2017 at 11:11 am — Responder

    Li os 2 posts sobre morar em Natal.
    Nasci no RN e moro há 22 anos no Sudeste (SP e RJ), estou pensando seriamente em voltar. Estou pesquisando vários locais para comprar casa em condomínio ou ap.
    Muito obrigada pelos posts, ajudou bastante.

  9. Fabiana
    13/07/2017 at 5:38 pm — Responder

    Olá, tenho 35 anos (solteira e sem filhos), vou morar em Natal a trabalho. Gostaria de saber onde posso residir com segurança e conforto, mas perto de lugares que posso fazer amizade e paquerar… rs. Quem sabe meu companheiro esteja lá. Conto com a experiência de vocês para me passar essa dica. Obrigada. ?

    • 14/07/2017 at 3:49 pm — Responder

      Oi Fabiana! Ir pra Natal com trabalho é uma boa!! Ctza q vc vai gostar. Então, pra ser sincera acho o povo de Natal bastante fechado pra amizade, mas quem sabe vc não dá sorte né? Recomendo a Ponta Negra, pois opções de lazer não faltarão (lugares mais propícios pra fazer amigos). Além disso, é um bairro bem gostoso, apesar de turístico. Boa sorte!

  10. 19/09/2017 at 11:32 am — Responder

    Oi Rafa! Estou indo morar em Natal! Tenho uma filha de 4 anos! Vc pode dar dicas de escola ou creche particular que sejam referencia por lá!?

    • 19/09/2017 at 12:04 pm — Responder

      Olá Lilian! Suas respostas estão no post /morar-em-natal-2/. Dê uma olhada nos comentários que tem muita informação que pode ser útil pra vc. Um abraço e sucesso!

  11. 28/09/2017 at 11:51 am — Responder

    Olá Rafaella! Muito útil suas informações para quem é de fora. Estou decidido a ir fazer doutorado na UFRN em 2018 (se eu passar na seleção rs) e vi que o campus fica na Lagoa Nova. É um ótimo bairro pelo visto! Pretendo morar sozinho e não possuo carro. O custo dos aluguéis varia muito? Morando na Lagoa Nova provavelmente poderei ir a pé para a faculdade, mas talvez por ser próximo do campus seja caro para os estudantes, algo como acontece aqui em Londrina/PR, morar do lado da UEL sozinho sai uns R$ 900 reais só no aluguel + condomínio (em kitnet), enquanto um apartamento com dois quartos (que você pode dividir as despesas com alguém) há uns 2 km da faculdade sai uns R$ 800. A bolsa do doutorado é de R$ 2,200 reais, pelo que vi do ganho de renda na cidade está ótimo, acho que vai dar para viver sozinho tranquilamente. Abraços!

    • 02/10/2017 at 10:31 am — Responder

      Oi Alexandre! Lagoa Nova é um bairro muito bom, consequentemente não é dos mais baratos, mas dependendo de onde more vale a pena pois poderia economizar com transporte. Verifique antes se dá mesmo pra ir a pé, pois o bairro é grande. Um abraço e boa sorte!

  12. Liu Cerqueira
    15/11/2017 at 3:10 pm — Responder

    OI RAFAELLA , ADOREI SUA INICIATIVA EM DEIXAR TANTAS INFORMAÇÕES SOBRE NATAL, ESSES ÚLTIMOS DIAS TENHO BUSCADO SABER MAIS SOBRE A CIDADE ,PORQUE IREI FAZER EM BREVE UM CONCURSO POR LÁ , SE CONSIGO PASSAR, IREI VIVER EM NATAL COM MEU MARIDO. JÁ NÃO SOMOS JOVENS , A MATURIDADE JÁ É A NOSSA MORADIA, POR ISSO VENHO BUSCANDO O MÁXIMO DE INFORMAÇÃO SOBRE NATAL ,PARA ME SENTIR SEGURA NESSA TRANSIÇÃO. JA ANOTEI VÁRIAS DICAS QUE VOCÊ EVIDENCIOU NO BLOG. OBRIGADA QUERIDA. QUANTO A VIOLÊNCIA REFERIDA NOS COMENTÁRIOS ACIMA, NÓS BRASILEIROS SABEMOS QUE ELA ESTÁ POR TODOS OS PONTOS CARDEAIS DO NOSSO PAÍS, QUANTO AS RELAÇÕES HUMANAS , EU FIQUEI PREOCUPADA COM AS INFORMAÇÕES ACIMA, QUE AS PESSOAS NÃO SE PERMITEM MUITO ESTABELECER NOVAS AMIZADES. COMO IREI COM MEU MARIDO , SOMENTE TEREMOS UM AO OUTRO , FIQUEI PREOCUPADA. NADA AINDA DE CONCRETO QUANTO A VIVER EM NATAL, MAS PARA FRENTE , QUIÇÁ EU RETORNE POR AQUI PARA TE DIZER BOAS NOVIDADES , TAIS QUAIS, QUE ESTOU DE MUDANÇA PARA NATAL. AH! SOU DA ÁREA DE SAÚDE , ESPERO QUE O ACOLHIMENTO E HUMANIZAÇÃO QUE SÃO PARÂMETROS VITAIS PARA MINHA PROFISSÃO ,POSSA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE DE NATAL EXERCER. UM ABRAÇO FRATERNO PARA TODOS QUE PASSAREM POR ESTES ESCRITOS.

    • 16/11/2017 at 11:16 am — Responder

      Oi Liu, obrigada pelo carinho! Fico feliz em ter ajudado! Desejo sucesso a você na nova jornada! Abração.

  13. Jefferson
    26/11/2017 at 3:49 pm — Responder

    Oi Rafa, estarei me mudando pra Natal no início de 2018, depois da sua experiência ruim com transportadora, você já tem alguma outra opção confiável que possa indicar. Gostaria, se possível, de uma indicação local, pois assim como você, se eu tiver problemas terei como recorrer mais facilmente. Estou saindo de Brasília.

    • 27/11/2017 at 1:11 pm — Responder

      Oi Jefferson, tudo bem? Fiz minha mudança com a Transportadora Potiguar, uma empresa local. Veja com eles se eles fazem o trajeto Brasília – Natal. Abraços e sucesso!

  14. Maísa Maia
    30/11/2017 at 2:33 am — Responder

    Oooi! Sou de Belém e vou me mudar pra natal! Natal é uma cidade boa? É violenta? Tens bons colégios? É muito quente?

    • 30/11/2017 at 9:12 am — Responder

      Oi minha conterrânea! É uma cidade boa sim, em que ainda podemos ter um pouco de qualidade de vida. É bem menos quente que Belém rsrs… o fato de ventar muito a torna bem mais agradável. Sugiro que leia o post /morar-em-natal-2/ pois tem bastante informação lá que pode ser útil pra vc, inclusive nos comentários. Não estudei em Natal e não sei te dizer com propriedade das escolas. Um abraço e boa sorte!

  15. Kassius Cunha
    29/12/2017 at 9:06 pm — Responder

    Oi Rafaella tudo bem!!! Olha estou procurando uma casa em Natal . Confesso que estou confuso meio doido. Kkkkk olha tem umas casas beira mar lindas preço bom .! Meu sonho morar próximo do mar mas também fico preocupado por questão de segurança .!! Sendo que alguns imóveis com condomínio até 3000 reais. Absurdo isso.!! E algumas casas pouco longe da praia inferior são quase o Doblò do valor.!! Se puder me dá uma sugestão agradeço.!!Não conheço ninguém em Natal. Sou de São Paulo extrovertido e carismático eu minha esposa meus dois filhos. Acredito que não vamos fazer muitos amigos Rsrs . Mas tudo bem. Só queria poder estar com minha família curtindo praia. Sem medo sem temor. Se puder me sugerir agradeço. Boa noite: kassius

    • 07/01/2018 at 10:56 am — Responder

      Olá Cassio! Desculpe a demora em responder, eu estava viajando e só voltei ontem. Vc chegou a ler a parte do post que falo sobre as imobiliárias que conheci pessoalmente? Sugiro que entre em contato com os que cito na postagem e explique direitinho o que está procurando, tenho ctza que terão opções dentro do que procura. Desde já, boa sorte a vc e sua família!

    • Raquel
      11/04/2018 at 11:17 am — Responder

      kASSIUS, bom dia! e aí se mudou? gostou?

  16. Vanessa Tavares de Souza
    07/01/2018 at 9:13 am — Responder

    Oie, sou carioca e tenho um amigo de Natal que tem uma bela casa e propôs abrirmos um hostel no bairro nova Parnamirim, já estamos com quase tudo certo para irmos agora segunda quinzena de janeiro e adorei ver as dicas do seu post, confesso que estou com muito medo, de abrir um novo negocio, dessa violência louca que estao anunciando todos os dias no jornal, mas eu como boa carioca já estou mais que acostumada a isso. Mas quero muito mudar de vida e Natal parece ser ótimo, o q vc indica sobre as pousadas de lá ?
    Obrigada e um abraço.

    • 07/01/2018 at 10:51 am — Responder

      Oi Vanessa! Primeiramente lhe desejo boa sorte na empreitada. Sinceramente, Nova Parnamirim não é um bairro turístico, então o ideal seria que o hostel fosse localizado em bairros como Ponta Negra, por exemplo, onde está concentrada a grande massa hoteleira da cidade e onde há maior demanda. Fora isso, infelizmente não sei indicar mais nada pra vc, pois nunca trabalhei no ramo quando morava em Natal. Um abraço!

      • Vanessa Tavares de Souza
        30/01/2018 at 5:21 pm — Responder

        Obrigada Rafaela pela sua resposta, mas o foco do hostel não seriam só para turistas, e sim estudantes, acompanhantes de pacientes e outros, pois tem uma faculdade bem próximo e hospital publico.

  17. edilene
    01/02/2018 at 8:43 am — Responder

    Oi Rafaela me chamo Edilene e gostaria de saber qual o bairro mais proximo da universidade federal do Rio Grande do Norte pois meu filho vem de Brasilia para cursar medicina vai morar sozinho preciso de um bairro familiar,seguro e perto da universidade.Desde de ja agradeço a sua ajuda.Parabens pelas suas postagens. FORTE ABRAÇO.

    • 01/02/2018 at 9:48 am — Responder

      Oi Edilene! O ideal seria que ele morasse em Lagoa Nova. Além de ser perto da UFRN, é um bairro que tem tudo e é muito bom. Boa sorte!

  18. Renata
    06/02/2018 at 1:44 pm — Responder

    Boa Tarde, Rafaella!
    Quanto tempo você demorou para achar o seu apartamento em Natal? Como vocês fizeram até encontrar o apartamento? Alugaram por temporada, ficaram em hotel/pousada, ou fizeram uma viagem antes da mudança definitiva para escolher apartamento?
    Vou com marido e filhos pequenos, e tenho dúvidas quanto a esta logística, receio de não conseguir agendar muitos imóveis por dia para visitar. Os corretores são eficientes neste quesito?

    • 06/02/2018 at 2:03 pm — Responder

      Oi Renata! Achei os corretores bem eficientes (bem mais que aqui no Rio, onde moro atualmente). Encontrei o ap em pouco menos de 1 mês. Tenho um primo em Natal, então no início tive o apoio dele com estadia. Sugiro que alugue algo por temporada, pois com certeza sai mais em conta. Bjs e boa sorte!

  19. viviane frança
    13/03/2018 at 3:46 pm — Responder

    Deu medo, kkkkk Compramos nossa casa em Cajupiranga, Parnamirim, na qual está alugada…Moramos em Brasília hoje. Ao ler os comentários, fiquei com medo de me aventurar. Teremos a renda do meu esposo que irá se aposentar, mas queria ir trabalhar…mas trabalhar n sábado não é o que eu colocaria como qualidade de vida. E lendo alguns relatos de escola, também fiquei assustada…Tenho um filha de 3 anos….É complicado pq em Brasilia tudo é caro, meu salário é baixo e agora com a crise hidrica estamos ora sem agua, ora com agua barrenta…É ter confiança que tudo dará certo. Mas adorei todas as dicas e comentários. Já morei do Sul (Paraná e Floripa) e todo lugar as pessoas andam reservadas mesmo…A culpa é do mundo que vivemos…Não dá pra chegar colocando gente na sua casa. Mas conheci uma mulher de Natal aqui em Brasília que foi extremamente simpática. E desejo muito que seus conterrâneos sejam que nem elas. Boa sorte para nós que buscamos qualidade de vida! obrigada Rafa

  20. Valeria
    11/08/2018 at 12:10 am — Responder

    Ola Rafaela! Passei ferias em natal e.me apaixonei pela cidade.Li alguns comentarios sobre salarios,quanto se ganha…. para dentistas,Natal tem um bom mercado?

  21. Tani Venturelli Stedman
    21/08/2018 at 5:30 am — Responder

    Adorei os seus posts, muito obrigada!

  22. Adriana
    13/09/2018 at 10:10 am — Responder

    Ola,Rafaella! vc teria algum condomínio de apartamentos para me indicar em Lagoa Nova e Capim Macio para morar, vou me mudar ano que vem e gostaria dessas informaçoes, sempre vejo seu blog e tem me ajudado muito, muio obrigada!!!! bjss

    • 14/09/2018 at 2:46 pm — Responder

      Olá Adriana, eu conheço alguns bons em Capim Macio: Ahead Capim Macio (muito bom, mas apartamento é relativamente pequeno), Ville de Cannes, Verano, Porto Fino… Lagoa Nova só lembro do Firenze (muito bom e grande) e o Porto Madeiro (muito bom e menor). Um abraço!

  23. Ana
    02/10/2018 at 1:29 pm — Responder

    Rafaella gostaria de saber quanto tempo você demorou para conseguir um emprego em Natal?

    • 02/10/2018 at 3:58 pm — Responder

      Oi Ana! Demorei pouquíssimo tempo… tive a sorte de enviar um CV e no dia seguinte ser chamada pra uma entrevista. Bjs e boa sorte!

  24. EDUARDO SILVA DOS SANTOS
    24/11/2018 at 10:14 pm — Responder

    Rafaella, parabéns pelo seu post. Eu e minha família já fomos quatro vezes a natal e adoramos a cidade.
    Gostaria de saber com qual renda mensal seria suficiente para viver na cidade. Abraço e parabéns mais uma vez.

    • 26/11/2018 at 12:02 pm — Responder

      Oi Eduardo! Como isso é muito pessoal e vai depender do estilo de vida de cada família sugiro que leia também o post /morar-em-natal-2/ para tirar suas próprias conclusões. Fico feliz que tenha gostado do post! Um abraço!

  25. Mayara
    24/11/2018 at 10:52 pm — Responder

    Olá Rafael lá. Com quanto por mês da pra viver em natal?

    • 26/11/2018 at 12:03 pm — Responder

      Oi Mayara, como isso é muito pessoal e vai depender do estilo de vida de cada família sugiro que leia também o post /morar-em-natal-2/ para tirar suas próprias conclusões. Um abraço!

  26. Amanda
    18/12/2018 at 4:40 pm — Responder

    Oie Rafa! Bom como você disse no post vocês se apaixonaram por Natal mais depois de um tempo se mudaram pro Rio, se decepcionaram com o lugar ?
    Estou indo pra lá ano que vêm e é meio que um tiro no escuro tbm…

    • 19/12/2018 at 8:39 am — Responder

      Oi Amanda! Sim, nos apaixonamos pela cidade e depois fomos embora por causa do emprego do meu marido. Larguei meu emprego em Natal e me mudei pro Rio. Lá é péssimo pra trabalhar e ótimo pra viver. Bjs e boa sorte! 🙂

  27. Lyle Nelson Junior
    05/02/2019 at 4:44 pm — Responder

    Lucy, sua ignorância sobre Natal é irritante, não fale do que não sabe e pensa conhecer! Me poupe! Ps. Sou de São Paulo, moro em Natal a mais de 05 anos!

  28. Lara Carvalho
    26/06/2019 at 11:59 am — Responder

    Oi, Rafaella
    Como vai? Adorando seu post…
    Sou servidora pública da Universidade Federal de Goiás, moro em Goiânia e não ganho tão bem. Penso em pedir redistribuição para a UFRN ou para Recife. Não consigo decidir.
    A UFRN fica em um bairro legal da cidade ou é um campus afastado? Se eu morasse nesse bairro que você falou Lagoa Nova, em quanto tempo de carro eu chegaria na universidade? O trânsito em horário de pico não anda como em qualquer capital?
    Eu gostaria de dividir apartamento com alguém e ganho R$ 4000,00 por mês. Acha que daria p ter uma vida com qualidade?

    Das cidades que você morou, qual gostou mais e por que? Eu já fiquei no Rio (capital) por 20 dias e gostei muito, mas com meu salário não dá pra ter uma vida digna por lá.
    Beijos, obrigada!

    • 29/06/2019 at 1:43 pm — Responder

      Oi Lara, se vc morar em Lagoa Nova estará bem perto da UFRN, que não é afastado. O custo de vida na cidade é baixo, ganhando 4 mil e ainda dividindo ap com alguém você vai ter uma vida confortável. O trânsito em Natal é uma piada, pois praticamente não existe. Desejo boa sorte a vc. Fico feliz que tenha gostado do post!

  29. Mário Sérgio
    12/07/2019 at 11:38 am — Responder

    bom dia,
    Lendo seus artigos a respeito de Natal, gostei muito
    mas algo me chamou a atenção, porque seria de grande interesse meu
    eu também moro em SP, mas precisamente em Jundiaí
    meus móveis são todos novos e eletros com voltagem 220V
    valeria a pena eu levar tudo?? em relação a preço de transportadora? e qual indicaria ?? seriam essas três duvidas, obrigado e parabéns pelo trabalho

    • 15/07/2019 at 7:56 pm — Responder

      Oi Mario, a voltagem em Natal é 220V, então dependendo do estado e qualidade dos seus pertences pode valer a pena levar tudo sim. O preço de transportadora varia de acordo com a quantidade de coisas que você tem, é melhor fazer orçamento pro seu caso. Desejo boa sorte!! 🙂

  30. Queila
    14/07/2019 at 1:13 am — Responder

    Pq não ficou em Natal ?

    O que faltou em Natal pra vc ?

    O que não gostou em Natal de jeito nenhum ?

    É a segurança em Natal como é ?

    Pq voltou pra sampa ?

    • 15/07/2019 at 7:54 pm — Responder

      Oi Queila, não fiquei em Natal por conta do trabalho do meu marido. Não gostei das oportunidades de trabalho na cidade, pois os salários são muito baixos. Sugiro que leia os comentários dos posts que tem bastante informação. Leia também o outro post: /morar-em-natal-2/

  31. AnaCelia
    01/12/2019 at 1:18 pm — Responder

    Oi Rafela, li todos os comentários do post 1 e 2. Pois estou na dúvida entre Parnaíba PI ou Natal RN. E agora é que fiquei mais indecisa quanto ambas. Sou de Brasília e recém aposentada do GDF. Parnaíba do Delta eu já conheço e fiquei encantada com aquele lugar, já Natal não conheço. Uma amiga me falou sobre Natal que tbm me despertou interesse. O que vc acha?

    • 11/12/2019 at 9:13 pm — Responder

      Oi Ana Celia, não conheço Parnaíba pra poder comparar. Natal é uma delícia de morar, especialmente no seu caso que já é aposentada. Como os salários são muito baixos, o custo de vida também acompanha, o que torna mais interessante ainda. A qualidade de vida é outro diferencial. Gosto muito de Natal!! Sou suspeita pra falar rsrs. Boa sorte na sua decisão!

  32. Vania
    29/02/2020 at 12:29 am — Responder

    Oie Rafa!
    Estarei mudando em junho para Natal e estou muito deslocada!
    Viu trabalhar em SG do Amarante , mas vi que lah não vai rolar morar. É cidade industrial e deserta à noite com fortes características periféricas, que eu enqto mulher e sozinha, me sinto insegura.
    Andei olhando o Barro Vermelho, por parecer proximo de deslocamento para o trabalho.
    Na vrdd, gostaria de morar em um bairro que fosse rupo o Flamengo onde moro no RJ, comercial e residencial lkkkkkkkk tem dicas plix?

    • 07/03/2020 at 11:33 am — Responder

      Oi Vania! Barro Vermelho é uma boa opção! Lagoa Nova também. Se ambos tem acesso fácil ao seu trabalho eu optaria por um dos dois. Ambos tem ótimos prédios residenciais, supermercados, bancos, etc etc etc. Boa sorte na nova morada! 🙂

      • Claudiomar
        07/02/2021 at 7:35 pm — Responder

        Olá Rafaella. Parabéns pelo post
        Estou realizando um sonho antigo e indo de Manaus/AM pra Natal provavelmente em março por ter sido aprovado em concurso de remoção no meu trabalho. Sou funcionário público federal concursado e meu trabalho fica no Tirol. Qual bairro fica mais perto dele, lagoa nova ou capim macio ? Eu consigo escolas de ensino fundamental boas para meu filho em qualquer destes bairros ?? O aluguel de apartamentos mais em conta eu acho em lagoa nova ou capim macio ?? Obrigado ?

        • 10/02/2021 at 8:34 am — Responder

          Olá! O bairro que vc vai trabalhar é muito bom, vc não terá dificuldades em achar um bom ap por lá mesmo. Lagoa Nova fica perto e tem ótimas opções. Você tbm não terá dificuldades em encontrar escolas, especialmente em Lagoa Nova. Os preços de Capim Macio e Lagoa Nova são bem similares. Um abraço e boa mudança!! Parabéns!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.