Home»Dicas Gerais»Bacen muda regra do câmbio no cartão de crédito!

Bacen muda regra do câmbio no cartão de crédito!

0
Shares
PinterestGoogle+

Estrelando a série “antes tarde do que nunca” finalmente uma notícia relevante e justa para o bolso do brasileiro: o Presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, anunciou hoje que os gastos no cartão de crédito terão o dólar fixado no dia da compra, não mais no fechamento da fatura.

Entretanto, como nem tudo são flores, a previsão para que isso de fato comece a ocorrer é somente a partir do dia 1° de março de 2020.

A medida vai ajudar os viajantes e consumidores de sites estrangeiros a saber no máximo até as 10h da manhã do dia seguinte quanto vai pagar de fato pelo produto que adquirir, haja vista que com a forte oscilação do câmbio hoje em dia está cada vez mais difícil prever quanto terá que desembolsar.

Pra terem ideia, tendo como base o 1° dia útil do ano de 2018 até hoje, a moeda americana já se valorizou 17%. Levando em consideração os últimos 30 dias, tempo médio de uma fatura pra outra, a moeda subiu 6,22%, o que significa que quem comprou algo no período da última fatura certamente terá uma surpresinha na fatura seguinte, a fim de compensar esse aumento.

Compra no cartão de crédito no exterior
Photo by Shot by Cerqueira @shotbycerqueira on Unsplash

Outro ponto positivo é que vai aumentar a transparência para o cliente, já que como os bancos terão que fixar o valor já em reais na data da compra, a fatura terá de apresentar a identificação da moeda utilizada, a discriminação de cada compra internacional e o seu respectivo valor em reais, além de informações como: data, valor equivalente em dólares e a taxa de conversão do dólar para o real.

Além da transparência para o cliente em relação ao seu próprio bolso, haverá também maior transparência em relação a todos os cartões de uso internacional emitidos no Brasil, pois o emissor desses deverá publicar informações sobre o histórico das taxas, o que vai facilitar muito para que o usuário possa fazer comparações do que é mais interessante.

E já que estamos falando de dólar, aproveito para deixar a dica pra que sempre acessem o site do Bacen antes de comprar moeda estrangeira, mais especificamente o Ranking do VET, que é o valor efetivo total cobrado nas operações de câmbio. Nesse ranking você pode ver quais instituições trabalharam com as melhores cotações e quais com as piores, lembrando que os valores do ranking são sempre referentes aos meses anteriores. Ainda assim, dá pra ter uma ideia de quais instituições têm se mantido no ranking como as mais competitivas.

CONTINUE LENDO:

Foto de capa por Cerqueira @shotbycerqueira on Unsplash

Post anterior

Vale a pena fazer um bate-volta a Ilha Grande?

Next post

Feijoada pré-carnavalesca no JW Marriot Copacabana

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.