Onde tomar tacacá em Belém

Onde comer comida paraense (típica) em Belém?

Belém do Pará, a capital da gastronomia brasileira. A comida paraense é muito conhecida no Brasil e seus ingredientes cada vez mais utilizados pelos melhores e premiados chefs do país. É bem comum ver chefs fazendo turismo e conhecendo o grandioso mercado do Ver-o-Peso, a maior feira ao ar livre da América Latina e um dos primeiros mercados públicos do Brasil.

Viajar para Belém é viajar para fazer turismo gastronômico, e encontrar um bom lugar para apreciar essa culinária tão exótica não é tarefa fácil: alguns restaurantes são caros e não oferecem o melhor, outros são baratos, menos conhecidos e oferecem produtos super competitivos – porém muitas vezes ficam fora do roteiro por não serem tão conhecidos.

Um deles é o restaurante Tomaz – Culinária do Pará. Um lugar bem localizado, simples, pequeno mas aconchegante. Não espere por luxos, mas vá com a certeza de que comerá bem – e muitas vezes melhor do que muitos restaurantes renomados.

Fachada 01

Fachada

Interno 02

Interior

Na minha penúltima estadia em Belém fui lá conferir e aprovei. Na ocasião tomei um belo tacacá (R$13)* e comi vatapá (R$14) – que esse último só perde para o da minha mãe, claro. 🙂 O camarão vem descascadinho e no ponto (detesto vatapás que não descascam o camarão).

Pra quem não sabe, tacacá é um prato típico do Pará feito à base de tucupi, jambu, camarão seco e goma de tapioca, é servido bem quente como uma sopa e servido numa cuia. O tacacá feito no Tomaz é ótimo e podemos desfrutá-lo num ambiente com ar condicionado e sem a bagunça do tacacá de rua – mais comum em Belém. Imagina tomar tacacá na rua com um calor de 35ºC? Pra mim, não dá.

Minha comida paraense preferida!

Minha comida paraense preferida!

Vatapá

Vatapá paraense

Uma opção bem interessante para os turistas que querem comer mais de uma coisa sem se encher tanto é o prato chamado Vataçoba, que é metade vatapá e metade maniçoba (R$18).

attachment

Vataçoba

Outro prato bem interessante que tem por lá também é o Arroz Figueiredo (R$22), que é um arroz com pato desfiado,  jambu e tucupi. Como eu nunca abro mão do vatapá e tacacá,  sempre deixo o arroz pra próxima.

Arroz Figueiredo

Arroz Figueiredo

E pra quem é formiguinha como eu, a casa ainda oferece algumas sobremesas como bolo de macaxeira, creme de cupuaçu e sorvetes de tapioca e açaí da Cairu.

UPDATE: Voltei ao Tomaz em outubro de 2016 e comi um bolo de macaxeira divino! (R$5,50). Servido quentinho do tipo que derrete na boca. Recomendo! Aproveitei e comi uma casquinha de caranguejo ótima também, como tudo que fazem lá (R$20).

Enfim, recomendo o Tomaz pra aquele fim de tarde faminto ou jantarzinho mais informal. O ambiente não é romântico, e sim muito familiar. Então vá sabendo e vá com fome. 😀

2014-01-19 03.32.29

Minha família num início de noite no Tomaz, até o vovô foi! 🙂

Aprovadíssimo!

Beijos!

*Valores de 2016. OBS: Fotos carinhosamente cedidas pela equipe do Tomaz (exceto a última).

Continue lendo: O que fazer em Belém, Onde comer em Belém