O que fazer em Orlando

Orlando: paixão para todas as idades!

Sempre procuro passagens aéreas para meus amigos e parentes, que não entendem como eu sempre consigo um preço legal – em quase tudo. Pra provar que não é invenção minha, anteontem encontrei uma passagem pra um familiar meu, partindo de Belém com destino a Orlando por R$975,00 (ida e volta), voando Tam. Claro que esses preços geralmente são encontrados em períodos de baixa temporada ou promoção relâmpago, mas que existe, existe, basta ter paciência e saber procurar. 🙂

Ano passado fui conhecer Orlando. Sim, fui conhecer a Disney com 25 anos nas costas mas fui. Depois dessa viagem descobri que não existe idade ideal pra Disney ser visitada, e que nem só de Disney vive Orlando… muito menos de Castelo da Cinderela e Mickey e sua turminha. Pra nossa alegria, Orlando é MAIS.

COMO CHEGAR

Fomos de Delta voltando de NY. Paguei US$117,14 no trecho Nova York – Orlando sem direito a bagagem, que paguei por fora. A aeronave é simples mas eficiente, o vôo foi bem pontual e tudo funcionou bem. 3h depois já estava no meu destino final: Aeroporto Internacional de Orlando.

Logo ao chegar fomos retirar o carro que alugamos na Hertz, fechamos o aluguel para 10 dias e saiu por US$254,42 TUDO. Ah, como eu gosto dos EUA, sempre imbatível em seus preços. Alugar carro nos Estados Unidos é muito simples e não é necessário que você tenha a carteira de habilitação internacional, com a carteira brasileira você pode alugar sem nenhum problema. Inclusive eles são muito tranquilos quanto a isso, no português claro eles NEM LIGAM, sabe? Não fizeram vistoria na devolução do carro, não fizeram absolutamente naaaada…rs. A título de curiosidade, alugamos um Nissan March.

IMG_0593

Alugar carro em Orlando é tão essencial quanto comprar ingresso para os parques. Você paga barato pelo aluguel, faz seus horários, não fica dependendo de transfer para os parques e se quiser fazer compras, tem onde guardar melhor as coisas e fazer tudo sem pressa. Sem contar que você terá a independência de ir no restaurante que quiser, a hora que quiser, etc. Só não alugue mesmo se não der, mas se tiver uma remota possibilidade de alugar, ALUGUE. Pra ser mais  sincera, eu não vi nenhum táxi na cidade (claro que eu sei que tem, mas eu não vi).

ONDE SE HOSPEDAR

Ficamos hospedados num hotel muito bom e muito barato, aliás os hotéis de Orlando têm um excelente preço. Pagamos US$55,49 na diária com café da manhã (valores de 2013), no bendito Quality Inn & Suites Universal Studios area. Não é um hotel de luxo, mas é muito bom. Além de um bom café da manhã, o hotel oferecia transfer diariamente para os parques, academia, lavanderia, wi-fi, estacionamento gratuito (importante!) e era perto de várias coisas importantes: lanchonetes, restaurantes, farmácia, posto de gasolina, etc. Para os que vão no verão, o hotel tem piscina pra relaxar um pouquinho nos dias quentes.

FL717B6

Quality Inn Hoteis & Suites Universal Studios area

FL717C2

FL717A2

Quality Inn Hoteis & Suites Universal Studios area

O quarto que eu fiquei era enorme! Tinham duas camas queen size bem confortáveis e bastante espaço livre! Bom pra quem faz compras, pois uma cama fica só pra elas…rs. Além disso, os quartos eram limpos diariamente e o staff era amigável. Caso eu volte em Orlando um dia, com certeza me hospedaria de novo nesse hotel. Não tenho nada a reclamar.

ONDE ESTACIONAR O CARRO NOS PARQUES

Todos os parques têm estacionamentos gigantescos e claro, você terá que pagar por eles. Atualmente o valor está em US$17,00/dia para automóveis de passeio, porém você poderá se locomover por todos os parques do Complexo Disney com o mesmo ticket do estacionamento. Universal Studios  também é o mesmo preço. O único que é um pouco mais barato é o Sea World, que atualmente está US$14,00 (valores de 2014). Recomendo que tire uma foto do local em que está estacionando, pois depois de um dia super cansativo não é muito legal ter que ficar procurando o carro…

Saiba que ao estacionar, você ainda terá que pegar um trenzinho para chegar ao parque. Muitas vezes a fila pro trenzinho é gigantesca, mas respire fundo e segure a ansiedade! 😀

IMG_0775

OBS: Se você está hospedado em alguns dos resorts do complexo, o estacionamento é gratuito. Se não tiver alugado carro, a cada 20min partem ônibus dos hotéis com destino ao parque, e deixam você diretamente na entrada.

O QUE FAZER

Walt Disney World: O mais famoso complexo de parques está localizado na cidade de Lake Buena Vista, Florida, a aproximadamente 15km do hotel que fiquei hospedada. Fazem parte desse complexo os seguintes parques:

  • Magic Kingdom: Para quem vai a Disney pela primeira vez, recomendo MUITO que faça desse parque sua primeira parada. Ele é o parque que vai fazer cair sua ficha de que “caramba, tô na Disney!” 😀 Nesse lugar todo mundo volta a ser criança, e se você não visitou a Disney durante sua infância não se preocupe, sua infância virá até você a partir do momento que  você colocar os pés lá. 😀sticker,375x360.u1

Logo ao entrar já dá pra perceber que entramos num mundo mágico, pois mesmo de longe já conseguimos ver o famoso Castelo da Cinderela, que fica bem no centro do parque. Para ver a lista de atrações para adultos, clique aqui. Como são muitas atrações, não terminaria nunca o post se fosse falar de cada uma delas. Porém, fica a dica: Vá de tênis, roupa confortável, chegue cedo e passe o dia lá, até a hora da tradicional parada e fogos de artifício. Vá consciente também de que poderá se molhar em alguns brinquedos, como o Splash Mountain. Ah, e vá consciente de que não é permitido entrar no parque com qualquer tipo de alimento, e que se você tiver fome, terá que comer lá dentro – e não é muito barato. 

IMG_0673

Uma das “tranqueiras” que comemos, pra vocês terem uma ideia de preço… (valores de 2013)

IMG_0611

Claro que tiramos fotos com o Mickey! 🙂

IMG_0751

Lindo, lindo, lindo!

IMG_0772

=D

  • Epcot: Essa palavra significa “Protótipo Experimental da Comunidade do Amanhã” e é o segundo parque da Disney, inaugurado em 1982. Esse parque “moderno” tem uma pitada de futurismo em tudo. Não deixe de ir no Soaring, que é uma espécie filme em 4-D que você faz um vôo de asa delta pela Califórnia, só que você não fica sentado em poltronas convencionais, são poltronas tipo de montanha-russa, é sensacional! (a fila é GIGANTE, mas não deixe de ir). 
  • Disney’s Hollywood Studios: Esse parque, como vocês devem imaginar, é todo baseado nos filmes de Hollywood. Todas as atrações são relacionadas com o cinema e televisão, e as principais são: Rock’n’Roller Coaster Starring Aerosmith, uma montanha-russa no escuro em alta velocidade que tem como trilha sonora, obviamente, Aerosmith. Outra atração famosa é o famoso elevador The Twilight Zone Tower of Terror, que CLARO que eu não fui porque sou muito medrosa, sim! Na verdade acho que se eu fosse nem iria me divertir, de tanto pavor que iria ficar. Fiquei do lado de fora ouvindo os gritos das pessoas e me divertindo com eles…rs. Um simulador legal que tem lá é o Star Tours – The Adventures Continue, aliás ENTREM em todos os simuladores que vocês verem, todos que fui foram excelentes!!
IMG_0806

Rock’n’Roller Coaster Starring Aerosmith

IMG_0804

The Twilight Zone Tower of Terror

  •  Disney’s Animal Kingdom: Esse é o parque mais novo da Disney e o tema são os animais, no local tem mais de 250 espécies diferentes. Uma das principais atrações é o Expedition Everest, que nada mais é do que uma montanha-russa de alta velocidade que faz uma simulação de expedição pelo Everest, em que acontece um “acidente” na pista e os carrinhos tem que voltar… de ré. Essa atração é muito bonita e li em alguns sites que é uma das montanhas-russas mais caras de toda a história, e não é pra menos, ela é linda demais e realmente impressionante. Aliás, tudo nos parques são bem feitos e Walt Disney atingiu a perfeição do seu trabalho ao criá-los e inspirá-los. O parque tem outras boas atrações, inclusive uma montanha-russa bem bobona pra quem é um pouco mais radical (eu não sou!) mas que no final foi uma boa surpresa e nos garantiu umas boas risadas: Primeval Whirl.
20130608_114859

Expedition Everest

Esses são os parques da Disney, compramos através do decolar.com e pagamos R$642,00/pessoa pelos quatro parques. Pesquisei hoje, e no mesmo site sai por R$736,00. Porém, tem que levar em consideração que o dólar aumentou em relação à época que fui. 

Agora na sequência vou falar dos outros parques e vou começar pelo melhor de todos: Universal Studios. Esse complexo de atrações reúne o melhor do cinema em dois parques:

20130609_102405

Universal! 😀

foto

Revenge of The Mummy

  • Island of Adventure: Lá estão as atrações que – pra mim – são as mais legais (Walt Disney que me desculpe). Nesse famoso parque está a super atração Harry Potter and the Forbidden Journey, e se você é fã dos filmes vai AMAR! As atrações possibilitam que os visitantes “entrem” nos filmes de maneira incrível! Em resumo, Harry Potter e sua turminha convencerão você a cabular uma aula e segui-los. Você – obviamente – irá aceitar e usar o Pó de Flu para viajar. Você sobrevoará Hogwarts e terá que escapar do ataque de um dragão, e depois disputar uma partida de Quadribol – FANTÁSTICO E IMPERDÍVEL. Outro ponto forte do Island of Adventure é o Jurassic Park River Adventure, você também irá imergir no clássico filme Jurassic Park. Tudo começa bonitinho com um passeio na água, em que aparecerão dinossauros pelo caminho, até que o suspense começa quando dinossauros perigosos vão fugir (como no filme!) e  você entrará num caminho escuro, com cada vez mais suspense e dará de cara com um tiranossauro, e para fugir dele PLOFT você irá desabar lá do alto e tomar um belo susto! Apesar de ser muito medrosa e ter medo de altura, é sensacional! Saí toda encharcada, mas fui duas vezes, e no final comprei uma foto pra levar pra casa (preço da foto: US$25/valores de 2013). Pra quem não tem problemas no coração, não deixe de ir na super montanha-russa do Hulk: The Incredible Hulk Coaster. Como fui duas vezes na atração do Jurassic Park e em seguida na Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges, e depois na Dudley Do-Right’s Ripsall Falls (a queda é muito alta e assusta!) fiquei TOTALMENTE encharcada e senti muito frio na entrada da atração do Amazing Adventures of Spider Man, que é um simulador extremamente recomendado. DICA: Vá primeiro nos simuladores, que tem ambiente refrigerado, e só depois vá nas atrações que molham.  
IMG_0994

The Lost Continent

20130609_184049

Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges

IMG_1028

Dudley Do-Right’s Ripsall Falls

IMG_0829

Island of Adventure

IMG_1002

Bem vindo a Hogwarts! (Meu marido quase emocionado…rs)

foto

Aguenta coração! – The Wizarding World of Harry Potter

IMG_1018

Jurassic Park Discovery Center

IMG_0990

The Incredible Hulk Coaster

Outro parque que visitamos e que até poderia não ter ido que minha viagem teria sido perfeita do mesmo jeito foi o Sea World. Confesso que fiquei um pouco decepcionada com esse parque, mas depois de ter ido nos parques da Disney e Universal, qualquer um me decepcionaria…rs. O ponto alto é o espetáculo da Shamu e dos golfinhos, e esse último foi uma decepção: tinham mais pessoas do que golfinhos e parece que estes estavam sendo deixados no segundo plano e deixando de ser atração principal, achei fraquíssimo. Porém, o da Shamu é bem legal e bonito, valeu o ingresso do parque. DICA: Se não quiser se molhar, não sente na frente. Outra decepção foi a atração Empire of the Penguin (meu marido reclama disso até hoje!) apesar da propaganda de que foi o maior investimento já feito pelo Sea World, a atração é fraquíssima: pinguins, acho vocês lindos, mas ficar na fila torrando durante 2h não dá – sem contar que torrei no sol e ao entrar na atração a sensação térmica é de zero graus (é pra arrebentar logo né?). Eles te convidam pra escolher a opção “com emoção” ou “sem emoção”, apesar de ter escolhido “com emoção” me colocaram numas cadeiras que mais pareciam a xícara maluca do Centro ITA (paraenses, vocês vão me entender) que me levava até os pinguins. SÓ ISSO e PONTO. Pra quem gosta de aquário, o do Sea World é bem bonito. E pra quem gosta de montanha-russa, lá tem umas bem piradas: Manta e Kraken – claro que não fui, se tivesse ido com certeza teria morrido e não estaria aqui contando da viagem pra vocês. Não deixe pra comprar o ingresso na hora, compre online direto pelo site oficialPreço: US$88,19 (com taxas, valores de 2014).

IMG_1046

Tá louco?

IMG_1156

Shamu posando pra foto!

IMG_1076

Crianças na espera…

IMG_1079

Esses bichos comem, viu?

IMG_1096

Espetáculo dos golfinhos… ou seria dos humanos? :/

IMG_1133

Baleias arrasando!

Apesar de já ter falado de todos os parques que fui, ainda não acabei de contar os lugares que visitei. Não deixe de passear à noite no Downtown Disney Area, lugar super movimentado com muitas lojinhas e opções de lugares pra comer, inclusive o Planet Hollywood. Ainda no Downtown Disney, fui no Cirque du Soleil – La Nouba, gostei bastante e até meu marido que não é nada fã desse tipo de atração gostou. Comprei o ingresso online, fiquei num local bem localizado e paguei US$108,90 (valores de 2013). Curiosidade: Lá tem tanto brasileiro que tinham funcionários brasileiros trabalhando para acomodar a plateia em seus devidos lugares, plateia essa formada grande parte por conterrâneos.

20130608_231053

Planet Hollywood

IMG_0923

Cirque du Soleil (não é permitido fotografar o espetáculo)

Quando a fome bater...

E claro, não deixe de ir jantar em um dos restaurantes do Universal City Walk, semelhante ao Downtown Disney Area. Por lá estão o Hard Rock Cafe e o Bubba Gump Shrimp, restaurante temático que tem como tema o clássico filme Forrest Gump – excelente!.

IMG-20130609-WA0016

Run Forrest Run!

20130609_223219

Bubba Gump

20130609_223729

Isso era uma “amostra” de sobremesa :O

E por falar em comer, gostei de comer no Outback, achei a qualidade bem superior a todos que já fui em São Paulo – o atendimento nem se fala (e o preço também!). Quando a garçonete soube que estávamos de lua de mel escreveu na conta em português “Parabéns”, muito simpática, né? Endereço do que fomos: 4845 S Kirkman Rd Orlando, FL 32811.

20130608_154516

Só faltou o acento, mas valeu a intenção! hehehe

Outro lugar que foi uma boa surpresa foi o Hooters, destino nada romântico pra quem está de lua de mel, eu sei, mas tinha um na frente do hotel e esse dia estávamos super cansados e com muita preguiça de ir pra longe e fomos lá mesmo. Porém, super tranquilo… as meninas usam as roupas curtas, mas pra minha alegria elas não eram bonitas não…rs. A comida era boa (no estilo Hooters) e lembro de um peixinho frito que comi excelente. Em comparação com o de São Paulo, que também já fui, esse dá de 10: atendimento melhor, comida incomparável e muito mais barato (o de São Paulo o pão do sanduíche que comi era velho e super seco!). Endereço: 5300 S Kirkman Rd Orlando, FL 32819.

Boa pedida também foi comer no TGI Fridays. Vocês já perceberam que minha alimentação estava super saudável nessa viagem, né? Mas valeu a pena. Gostei muito de comer uma carne com molho de whisky Jack Daniel’s, apesar de ter tomado um suco de grapefruit TERRÍVEL. Recomendo a ida (só não recomendo o suco!). Endereço: Vários pela cidade, o que fui era ao lado de uma Best Buy.

Outros famosinhos por lá são os da rede Olive Garden (comida italiana), Red Lobster (frutos do mar), Applebee’s (casual) e Cheesecake Factory (têm várias coisas, mas os mais importantes são os cheesecakes d-i-v-i-n-o-s).

CURIOSIDADES...
  • O imposto em Orlando é 6,5%, então todos os preços que vocês verem anunciados, acrescente o imposto, pois é separado. Por exemplo, na conta do Outback (acima) o sub-total deu US$37,55, mais os 6,5% de tributos. Isso serve para tudo: restaurante, lojas, etc.;
  • É impressionante a quantidade de obesos nos EUA, há pesquisas que dizem que há atualmente 99 milhões de pessoas nessa situação em todo país. Podemos ver isso facilmente pelos parques: ao invés de caminhar durante o passeio, eles alugam cadeiras de roda pra ficar mais “à vontade”;
  • O incentivo a fast foods da vida é muito visível na terra do tio Sam. Teve um determinado momento que eu não aguentava mais comer besteira e fui comprar fruta, para minha surpresa uma (UMA!) unidade de banana custava US$1,50, comprei mas achei super caro…;
  • A gorjeta no EUA é sagrada, não deixe de dar. Pra quem não sabe, geralmente os garçons não tem salário fixo, então toda renda deles vem das gorjetas, o que de uma certa forma os obrigam a prestar um bom serviço. Em Orlando deixar no mínimo 15% do valor total da conta está de bom tamanho. Geralmente a gorjeta não vem incluída no valor total da conta, note que vem um campo em branco para você escrever quanto quer deixar de “tip“.
donaldtrumptipfaaf

Se não puder, não precisa fazer igual o magnata Donald Trump que deixou US$10.000,00 de gorjeta. Vocês conseguem imaginar a alegria desse garçom?

Depois volto aqui pra contar pra vocês os lugares que escolhi para fazer compras em Orlando.

Beijos!

Post que pode interessar: Miami – Destino preferido dos brazucas