Morro da Urca

Como é a trilha pro Morro da Urca

Para fazer a trilha pro Morro da Urca é necessário deslocar-se para a Pista Cláudio Coutinho, que fica no canto esquerdo da Praia Vermelha, Zona Sul da cidade.

COMO CHEGAR

Evite ir de carro, pois encontrar vaga para estacionar é muito difícil. Caso queira de ir de metrô, desça na estação Botafogo e pegue um Uber (a corrida dará aproximadamente R$8). Caso esteja sozinho, financeiramente vale a pena comprar o bilhete de integração metrô-ônibus e pegar o ônibus 513 que faz integração com o metrô Botafogo. Procure a saída Mena Barreto.

Informações úteis caso queira subir ao Pão de Açúcar/valores 2017

Informações úteis caso queira subir ao Pão de Açúcar/valores 2017

10 informações úteis antes da sua primeira visita ao local:

1 – A trilha leva à primeira parada do trajeto do Bondinho que leva ao Pão de Açúcar, e você economiza R$40 no passeio, pois o valor Praia Vermelha – Pão de Açúcar custa R$80 (valores 2017) e Morro da Urca – Pão de Açúcar custa R$40. Você pode deixar pra comprar o ingresso lá em cima;

O começo da trilha é bem cansativo e íngreme

O começo da trilha é bem cansativo e íngreme

2 – Não é necessário ir com guia ou com mapa para chegar ao Morro, pois o caminho é bem sinalizado e com grande fluxo de pessoas fazendo o mesmo percurso;

Não custa lembrar

Não custa lembrar

3 – Durante o trajeto é frequente a presença de micos, mas saiba que é proibido alimentá-los (apesar de ver pessoas a todo momento fazendo isso). Eles são uma espécie invasora das matas do Rio e além de transmitir doenças, destroem a vegetação local;

4 – Evite ir em dias chuvosos ou caso tenha chovido no dia anterior, pois o caminho pode ser pior: as pedras ficam muito lisas e escorregadias;

Atenção para não pisar nesses lugares repletos de limo

Atenção para não pisar nesses lugares repletos de limo

5 – Leve bastante água, barrinha de cereal ou outra coisa pra comer no caminho, pois obviamente não tem onde comprar e se você realmente precisar repor energias durante o percurso pode ter problemas;

6 – Demoramos 25 minutos pra subir e não muito menos pra descer. Paramos poucas vezes pra descansar e seguimos um ritmo moderado. Na volta não foi tão rápido devido às inclinações e atenção redobrada pra não escorregar nas pedras;

Nessa parte é necessário segurar na corda se não quiser sair rolando lá pra baixo

Nessa parte é necessário segurar na corda se não quiser sair rolando lá pra baixo

7 – Apesar de muitos dizerem que a trilha é de nível fácil, devo esclarecer que depende. Se você tem bom preparo físico, vai com calçado ideal (bota pra trilha ou tênis) e não tem problemas no joelho, a trilha torna-se mais fácil. O caminho é composto por escadas de troncos de madeira e galhos, caminhos de pedras e muita inclinação, sempre;

Trilha do Morro da Urca

Trilha do Morro da Urca

8 – Antigamente era possível subir ao Morro através da trilha e descer de bondinho gratuitamente, porém isso não é permitido mais. Caso você suba através da trilha, necessariamente terá que descer por ela também (a não ser que queira pagar uma taxa para descer de bondinho);

9 – O Morro da Urca tem ótima infraestrutura pro visitante: banheiros, lanchonetes, exposição dos bondinhos antigos, museu, restaurantes, lojas, etc. Aos mais abastados, há a possibilidade de fazer voos panorâmicos de helicóptero pelo Rio a partir de R$230 (5 minutos) e o helicóptero parte de lá;

10 – Para fins de informação, o Morro tem 220 metros de altura e merece muito a visita, pois apresenta paisagens espetaculares da Cidade Maravilhosa (a foto de capa também foi tirada de lá). Aos felizardos visitantes basta relaxar, tirar muita foto, babar e recuperar as energias para o retorno. 🙂

Vista para o Pão de Açúcar

Vista para o Pão de Açúcar

Um abraço!