easyhotel

easyHotel Amsterdam x easyHotel Londres

Fiquei hospedada em dois hotéis da rede easyHotel: em Amsterdam e Londres (para ler um review completo sobre o de Londres, destinei um post exclusivamente para isso). Eu confesso que sou meio preocupada com hosteis (albergues), principalmente no quesito limpeza, e por isso geralmente opto por hotéis, mesmo que simples. Nos dois tive sorte, e considero hospedagens que possuem um bom custo-benefício. Porém, notei diferenças que valem a pena ser compartilhadas aqui:

IMG_6109

easyHotel Amsterdam

IMG_6107

easyHotel Amsterdam

  • O de Londres em geral é ligeiramente melhor:

Não que o easyHotel Amsterdam não seja bom, mas pelo preço conseguiria outros hotéis na cidade, cuja hospedagem não é tããão cara quanto Londres. Paguei €64,00/dia através do site hotéis.com.

  • O quarto:

Fiquei hospedada num quarto duplo e possui outro formato do de Londres. Mas em termos de “o que tem em um que não tem no outro” a única diferença é que o de Amsterdam tinha uma televisão (€5.00 por dia de uso).

  • Ar condicionado:

O ar condicionado não funcionou tão bem quanto o de Londres, mas não tivemos problema pois à noite a temperatura estava bem agradável na cidade (por volta de 15ºC).

  • Banheiro:

A disposição do banheiro também é diferente (pros nossos padrões). Porém gostei mais do de Amsterdam, pois não molhava todo o banheiro quando tomávamos banho.

  • Limpeza:

O de Londres levou a melhor. Não achei meu quarto suficientemente limpo e reclamei na recepção, assim como pedi para trocar as toalhas (chatona né? nesse dia eu estava com a macaca!). Porém, fizeram uma limpeza no meu quarto (sem custo adicional) e me deram toalhas novas sem problemas.

  • Internet:

Ao contrário de Londres, esse hotel não disponibiliza wi-fi na recepção. Se quiser, precisará pagar uma taxa €5.00 por dia de uso.

  • Outros serviços:

O hotel disponibiliza café e outras bebidas de máquina para compra e além disso aluguel de bicicleta – para quem deseja se sentir um verdadeiro amsterdamês. Pra quem deseja o serviço, pelo menos a do hotel tem freio (€15.00/dia). Achou caro? Pois saiba que todo mundo aluga! Quando fui olhar quase não tinham mais bicicletas disponíveis…

IMG_6114

Bicicletas com freio. Luxo?

IMG_6110

Área da recepção: máquinas de serviço, mapas e guias à disposição.

Aconteceu um fato que não deveria ter acontecido com nosso amigo Marcelo. Ele fez uma reserva meses antes de viajar e a pagou no ato. Quando estávamos na semana da viagem, ele procurou a confirmação e não encontrou – daí fez outra e pagou novamente. Sem sucesso no estorno de uma das duas reservas (ambas eram sem direito a cancelamento), ele pediu alguns serviços do hotel sem que fosse cobrado: wi-fi, guarda de bagagens, late check-out. Apesar de não estarmos no mesmo quarto, guardamos nossas bagagens junto com a dele e não pagamos por isso. Mas se precisarem guardar, paga-se uma taxa que não me recordo exatamente quanto (menos de €5.00).

Lembrando que ao fazer a reserva por esse link você foge do IOF, paga em reais, não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a amiga aqui! 🙂 
  • Localização:

Apesar de não está grudado nos pontos turísticos, fica numa área bem tranquila da cidade e com várias opções para tomar café pelas redondezas. Fica localizado a 1,1 km do Rijksmuseum, 700m do Heineken Experience e 1,4km do Museu Van Gogh. Deu pra perceber que não é longe né? Conforme dito em post anterior, só precisamos utilizar o transporte público uma vez, o resto percorremos tudo caminhando.

O aeroporto está localizado a aproximadamente 14km do hotel, e a opção mais cômoda e barata de chegar até ele foi no ônibus nº 197. Um jeito fácil de encontrar o ônibus é ir para as redondezas da Concertgebouwplein, com certeza você verá pessoas com malas no ponto de ônibus. OBS: Se você tiver muita mala, só vá de ônibus mesmo se quiser economizar, pois não tem bagageiro. Duração até o aeroporto: aproximadamente 30 minutos. Preço: €5.00 (valores de 2014).

IMG_6116

Terminal de ônibus do Aeroporto Schiphol

IMG_6119

Aeroporto Schiphol

Se precisar de alguma outra informação, é só perguntar!

Beijos!

Post que pode interessar: Amsterdam: um lugar pra ir ao menos uma vez na vida

easyHotel: Boa escolha para se hospedar em Londres pagando pouco

Confesso que fiz a reserva no easyHotel “no escuro” e estava com MUITO medo dele ser ruim e termos problemas com nossa estadia. Porém, para minha surpresa, a expectativa ruim transformou-se em motivo para fazer um review completo sobre minha hospedagem. 🙂

Para aqueles mochileiros não tão mochileiros assim (como eu!), que não abrem mão de banheiro privado, abominam logo de cara a ideia de compartilhar quarto, fazem questão de um quarto limpinho e localização pelo menos razoável, esse hotel atende os requisitos. Os hotéis da rede easyHotel são conhecidos por oferecerem hospedagem econômica, serviço simples e ganham muito com os extras cobrados além das diárias, tais como: limpeza no quarto, troca de toalhas, wifi no quarto, etc. É isso mesmo, para que façam uma simples limpeza no quarto é necessário pagar alguns eurinhos ou librinhas a mais – eu paguei e não vi problema nisso, pois já fui ciente de como funciona: “pegou, pagou”. O curioso é que o hotel não aceita dinheiro em espécie, então qualquer extra que você adquirir, será preciso que você mesmo pague de forma online com seu cartão (tem wifi gratuito na recepção).

O local fica localizado em uma área boa da cidade, próximo a dois metrôs (Old Street e Barbican), a 1,6km da St Paul’s Catedral, 3km da Tower of London, possui várias opções pra comer nas redondezas, pubs, supermercado 24h, e transfer da easyBus com desembarque a alguns metros do hotel (na Old Street)  pra quem vem do aeroporto Stansted.

O check-in no hotel, diferentemente dos demais, é às 15h, e o check-out às 10h. Caso queira late check-out ou early check-in, paga-se uma taxa extra. Eu não adquiri esse extra, apenas a limpeza no quarto e armazenamento de bagagem, que custaram £8,05 e £3,05, respectivamente. No último dia precisei guardar a bagagem novamente e guardaram sem cobrar.

Quando fiz a reserva, fiz a reserva do quarto triplo – sem janela. SIM, se você quiser um quarto com janela é preciso desembolsar umas libras a mais. Porém, mesmo tendo reservado e pago um sem janela, nos deram um quarto com. Tivemos sorte… 🙂

Não ouvimos barulho dos corredores e outros quartos e conseguimos ter umas boas noites de sono, sem quaisquer problemas. Preço da diária no quarto triplo: £48,33, fora os extras citados acima.

OBS: Em Londres têm 7 hotéis da rede easyHotel, porém a minha opinião reflete minha hospedagem especificamente no Old St/Barbican. Os outros hotéis da rede na cidade não conheço e não sei se são bons.

Sobre o quarto no easyHotel

Eu tinha lido uns reviews de outros hóspedes que reclamaram do tamanho do quarto, que mal dava pra abrir a mala, que mal dava pra se mexer, etc. Eu não vi NADA disso. O quarto realmente não é grande, mas é suficiente pra você abrir sua mala SIM, dá pra se mexer SIM, etc. O quarto não tem luxo algum, mas supõe-se que quem se hospeda lá não espera por isso. Os lençóis eram bem macios, limpos, a cama super confortável e aparentemente nova, o ar condicionado também pareceu ser novo e funcionou muito bem. E isso é tudo que tem no quarto: uma cama de casal, uma cama de solteiro e um ar condicionado. Simples, limpo, confortável e barato, uma combinação perfeita para quem busca um lugar pra dormir – combinação essa quase impossível de se encontrar em Londres.

IMG_5572

easyHotel

IMG_5574

easyHotel – quarto triplo

Sobre o banheiro

O banheiro é pequeno e diferente do que estamos acostumados. Possui um vaso sanitário, uma pia pequena, um grande espelho na parede e a ducha de banho, porém não tem box, apenas uma cortina, que faz com que quando tome banho molhe tudo – e confesso que por esse motivo paguei umas libras a mais pela limpeza do quarto. Porém, apesar desse contratempo, o banheiro era super limpo e não tivemos problema.

IMG_5578

Banheiro

IMG_5575

Banheiro

Como chegar no hotel desde Stansted Airport

Desembarcamos no Aeroporto Stansted, que fica a 53km do hotel, e optamos por reservar o transfer da easyBus, que é do mesmo grupo dos hotéis easyHotel e da companhia aérea low cost easyJet.

IMG_5721

easyBus

Ao desembarcar do aeroporto, desça as escadas e vá para o terminal de ônibus, a van parte da plataforma 10.

IMG_5487

Terminal de ônibus do Aeroporto Stansted

Ao comprar a passagem do transfer, é necessário indicar o horário da partida. Como demoramos mais do que o previsto na imigração, acabamos perdendo nossa van e pegamos a próxima. No próprio bilhete está escrito que se você perder o transporte na hora indicada, tem até uma hora pra pegar outro sem custo adicional – mediante disponibilidade de assentos.

Como é uma van, se você for com muitas malas talvez não seja uma boa opção, pois tem somente um pequeno suporte pra bagagem. Mas como eu levei apenas uma mochila, sem problemas.

IMG_5488

easyBus

O transfer de ida custou £7,16 e foi sem dúvidas a opção mais cômoda e mais barata que encontrei. Em pouco mais de uma hora desembarquei no meu destino final: Old Street. O hotel está localizado a poucos metros do desembarque e bem ao lado de uma estação de metrô (estação Old Street). Para comprar a passagem do transfer, clique aqui.

Minha surpresa foi boa tanto do hotel quanto do transfer, e em breve voarei com a companhia aérea easyJet pela primeira vez e volto aqui pra contar para vocês. Até então, tudo aprovado! 🙂

Beijos!