Como pesquisar passagem barata

Como pesquisar passagem aérea mais barata

Esse post é direcionado para as pessoas que só sabem pesquisar passagens diretamente no site da companhia aérea. Tenho boa notícia: Saibam que existem outras formas e vou ensiná-los como pesquisar passagem aérea mais barata e economizar um dinheirinho! 🙂

Vale destacar de antemão que esse texto praticamente todo foi escrito por um guest, meu amigo Alan. O post-convite chegou em boa hora, pois não estou tendo tempo pra me dedicar aos posts do blog porque estou de mudança pra Natal e numa correria louca! Valeu Alan!

Como todos já devem imaginar, o método tradicional de procurar é acessar o site de cada companhia aérea e procurar datas e destinos. Contudo, as companhias trabalham com “preço cheio” na venda direta ao cliente, mas vendem passagens bem mais baratas para agências de viagens. A flexibilidade de datas também é uma coisa muito boa: quanto maior a antecedência, geralmente mais barato é. A flexibilidade de cidades também é uma boa.

Há dois processos: o primeiro é pesquisar e o segundo é comprar. Os sites mais famosos (como os sites das próprias companhias) servem para os dois, mas existem outros bem interessantes só para pesquisar. E são eles que precisamos incluir em nossas pesquisas. Os abordados aqui no texto serão linkados, bastando dar um clique em cima do nome para direcionar para a página.

1. Blog Melhores Destinos (apenas pesquisa e direciona pra outros vendedores)

Melhores Destinos diariamente divulga ofertas verdadeiras – e não essas “ofertas” sensacionalistas que têm nesses sites de agências – mas que, na verdade, são preços reais. Sempre vejo passagens para os Estados Unidos, por exemplo, por R$1.500  ida e volta! Uma vez vi Porto Alegre-Europa-Porto Alegre por 100 dólares.

Basta abrir em nova aba cada tópico que interessar e, na nova aba, geralmente ele traz uma opção de colocarmos a cidade de embarque e a de desembarque (ou escolher “TODOS” em uma ou nas duas cidades). Clique em um deles e vai ser redirecionado para o site do Submarino Viagens, que também é de confiança, mas que cobra uma taxa de serviço (para não pagar essa taxa, basta acessar o site da própria companhia aérea que ele mesmo indicará).

As simulações oferecidas geralmente são de uma semana de estadia, mas é possível alterar a simulação já no site para o qual foi encaminhado, porque os preços geralmente são os mesmos ou bem parecidos. Esse site é importante sobretudo para viagens internacionais. Com o passar das horas/dias as pessoas vão comprando as passagens e as baratas vão acabando, mas é só escolher outra opção da lista. Os preços são de ida e volta e falta incluir as taxas.

Captura de Tela 2015-06-13 às 11.19.41

Captura de Tela 2015-06-13 às 11.22.21

2. Viajando barato pelo mundo (pesquisa)

Gosto muito do Viajando barato pelo mundo porque sempre estão muito antenados nas promoções, e além delas, dão dicas de viagens e indicações de pessoas que abordam especificamente algum assunto. Gosto muito deles também porque são muito ativos nas redes sociais, com destaque para o Instagram, então quando você menos espera fica sabendo daquela super promoção que estava esperando.

Captura de Tela 2015-06-15 às 10.08.59

Captura de Tela 2015-06-15 às 10.06.11

No exemplo acima ele lista todas as cidades e datas e seus respectivos preços e ao clicar no link a página é redirecionada para…

3. ViajaNet (pesquisa e compra)

O Viaja Net é uma agência de viagens virtual, tal qual CVC, Submarino Viagens e algumas outras. Mas a grande vantagem dele é a opção “ainda não sei as datas das viagens” – nele ele vai mostrar todos os próximos 6 meses de embarque, geralmente colocando uma semana de estada. Marque-a! No calendário as datas aparecerão em cores diferentes: quanto mais azul escuro, mais caro; quanto azul mais claro, mais barato. Em laranja é o menor preço de todos.

Pesquisa Viajanet

Pesquisa Viajanet

Pesquisa Viajanet

Pesquisa Viajanet

4. MaxMilhas (consulta e compra)

O MaxMilhas é uma espécie de bolsa de passagens através de milhagem. Os preços das passagens no dinheiro e em milhas seguem lógicas parecidas – porém diferentes! A gente escolhe cidade de origem, destino e se quer ida e volta ou só ida. O bacana é que ele simula o preço em compra de milhas (ainda faltando incluir taxas) e o preço no site da companhia aérea, assim dá para a gente saber qual dos dois é mais vantajoso (mas quase sempre é por milhas).

Em geral, comprar através de milhas é mais interessante quanto mais distante for o destino! Eles aceitam vários tipos de pagamento e agora permitem parcelar sem acréscimo de juros (eu já usei diversas vezes e nunca tive problemas). Na imagem de exemplo eu coloco uma ida de Belém a Buenos Aires para o dia 08 de Agosto de 2015: se for comprar na Tam, sai por R$1.631,72; se comprar no MaxMilhas sai por R$319,70!

Pesquisa Maxmilhas

Pesquisa Maxmilhas

5. Wikimapia (só pesquisa)

O Wikimapia é um site do portal Wikipédia. Ele é de mapas, tal qual Google Maps e Google Earth, que fazem papel semelhante ou idêntico. O objetivo aqui é apenas pesquisar distâncias. Você já vai entender o motivo. Quando quiser ir para um lugar, principalmente em destino internacional, sobretudo no litoral, a distância de até 6.400km. O centro geográfico dos Estados Unidos continental (48 States, o que exclui Alasca e Havaí), por exemplo fica em um ponto no Estado do Kansas. A cidade importante mais próxima é Kansas City.

Segue o mapa da América do Norte concentrado em Kansas City e uma esfera imaginária de 3.200km (2.000 milhas) para cada lado. Dá para ver que abrange quase toda a América do Norte e uma parte expressiva do Caribe:

Captura de Tela 2015-06-13 às 11.24.30

Abaixo: na América do Sul um ponto bem central, que pega até Fernando de Noronha e os países latinos e só exclui o sul da Argentina, é o aeroporto de Vilhena (sigla BVH), em Rondônia:

Captura de Tela 2015-06-13 às 11.25.35

Abaixo: da Europa é a cidade Lviv, na Ucrânia. Pega praticamente toda a Europa, todo o norte da África, Israel, Kuwait, uma parte da Rússia, enfim.

exemplo15

6. Matrix/Ita Software (somente pesquisa)

Esse site é muito interessante principalmente por oferecer ao internauta a possibilidade de escolher diversas cidades de partida e diversas de chegada. Foi desenvolvido por estudantes e depois vendido (com certeza bem caro) ao Google. Só é necessário saber um pouco de inglês – o suficiente para preencher as lacunas. Há basicamente duas linhas de pesquisa: a primeira é quando não se sabe a cidade exata para onde quer ir (mas sim a região, como Estados Unidos, Europa…) e a outra é quando se sabe exatamente a cidade (exemplo: o Rio de Janeiro).

Vamos à primeira linha: eu quero ir para os Estados Unidos, mas sem uma preferência de local – pode ser Miami, Nova York, enfim. Então eu coloco: round trip (ida e volta); from Belém; destination: Kansas City e clico em Nearby, mando abrir 2.000 milhas (aí que entra a questão da pesquisa do Wikimapia: os 3.200km equivalem a 2.000 milhas) em volta, “select all” e preencho o resto do formulário: See calender of lowest fares, escolho a data, boto quantos adultos são (se houver crianças ou idosos, clico no link e marco quantos são), extra stops boto no limit, currency: Brazilian Real; e Sales City: Sao Paulo (sem acento). Nights: o mínimo e o máximo de noites que eu quero passar lá – exemplo: 5-10. A diferença entre o mínimo e o máximo não pode passar de 7.

Captura de Tela 2015-06-13 às 11.26.34

exemplo11

Acima: ele abre todas as datas dos próximos 30 dias e simulações nas quais eu passo pelo 5 noites e no máximo 10. Seleciono uma delas. No exemplo, selecionei o dia 9.

Como pesquisar passagem aérea mais barata

Como pesquisar passagem aérea mais barata

Acima: o mais barato que ele encontrou foi o voo direto Belém-Miami e Miami-Belém.

Vamos à segunda linha: eu sei exatamente para onde quero ir. Exemplo: Belém-Rio, somente ida, dia 26 de Junho de 2015. Descubro que a passagem está R$709 + taxas a mais barata. Então faço o seguinte: uso o Matrix/Ita saindo de Belém e chegando ao Rio e abro 2.000 milhas (equivalente a 3.200km) em torno do Rio. Descubro que Belém-Vitória com conexão no Rio está R$495…

exemplo13

Acima: usando o Control+F ou Maçã+F descubro que existe um voo que passa pelo Rio de Janeiro e é mais barato que o que vai oficialmente para o Rio: é o Belém-Vitória com conexão no Rio (Aeroporto Galeão, sigla GIG). O Rio têm dois aeroportos: Galeão (GIG) – mais longe e Santos Dumont (SDU) – mais perto. É bom saber as siglas. As melhores cidades para fazer isso são as grandes, de onde saem muitas conexões, como Brasília, São Paulo e Rio. Quando chegar à cidade desejada (no caso, o Rio) basta descer do avião e sair do aeroporto. Simples. Só não pode despachar bagagem.

7. Milhas Smiles da Gol (pesquisa e compra)

Para quem tiver milhas, outra boa opção é usá-la para trechos longos. As milhas da Gol, por exemplo, são melhores de serem usadas nas companhias parceiras da Gol do que na própria Gol, pois cobram muito menos milhas. Por exemplo: um voo de São Paulo para o Havaí, ida e volta, costuma sair por no mínimo R$3.000, segundo o ViajaNet. É possível comprar passagens bem mais baratas para outras cidades dos Estados Unidos, como Miami ou Atlanta, e completar com trechos Smiles. A seguir, dou o exemplo de um voo de 7.200km (o que equivale a quase Belém-Paris em linha reta) por meros 12.500 milhas: que custam R$300 e alguma coisa no MaxMilhas. Na Ásia também é possível encontrar voos gigantes (como Tel Aviv-Tóquio com conexão em Roma) por apenas 12.500 milhas.

Exemplo

Exemplo

Assim como foi possível encontrar Belém-Vitória com conexão no Rio mais barato do que Belém-Rio, também é possível encontrar Belém-Argentina com conexão em São Paulo (Guarulhos) bem mais barato (em milhas) do que Belém-São Paulo.
Por milhagem também é possível conhecer 3 cidades ao invés de uma: é o chamado stopover. Utilizado em voos internacionais, é possível “casar” uma viagem voando TAP pra Madrid com uma estadia em Lisboa (onde fica o hub da TAP) sem custo adicional, por exemplo. O mesmo acontece com os voos da Avianca, que tem hub em Bogotá e permitem que os viajantes conheçam Bogotá sem custo adicional na passagem aérea.

8. Google Voos (pesquisa e direciona pra compra)

Essa opção é a mais recente dentre as apresentadas aqui e eu particularmente gostei muito (apesar de ainda usar mais o Maxmilhas). Você só precisa informar a data pretendida, origem e destino e o Google lhe mostrará por companhias e preços a mais vantajosa e detalhará além do preço o número de paradas e duração total do voo. Ao selecionar um voo aparecerá a opção para comprar diretamente no site da companhia ou no ViajaNet.

Como pesquisar passagem aérea mais barata

Como pesquisar passagem aérea mais barata

Google Flight

Google Flight

Dicas gerais

  • Voos funcionais (como o direto Carajás – Belo Horizonte) costumam ser bem mais baratos que voos turísticos (como Belém-Rio). Assim, é possível comprar Belém-Carajás-BH-Rio e ainda ser sensivelmente mais barato que Belém-Rio, por exemplo. Acho que a única exceção desse “barato” é a ponte aérea Rio-SP;
  • É bom comprar a passagem com pelo menos 2 meses de antecedência. Se for para alta estação ou épocas concorridas, o quanto antes, melhor;
  • Dificilmente as promoções aparecerão durante a semana, o horário promocional geralmente começa às 20h de sexta-feira e termina às 8h da manhã de segunda-feira;
  • Em geral, as companhias dão um desconto “silencioso” para quem compra ida e volta no mesmo tíquete;
  • Se for uma grande viagem (como para o exterior) é bom marcar para daqui a 11 ou 12 meses, época nas quais as companhias abrem agenda.
  • Se a cidade de destino estiver realmente muito cara, é bom considerar a possibilidade de desembarcar em alguma cidade próxima (no máximo 400km) e completar o trajeto comprando passagem em outra modalidade aqui explicada ou até mesmo alugando um carro;
  • A Gol permite antecipar um voo gratuitamente em até 6h (exemplo: a viagem é às 18h…eu posso embarcar no voo a partir do meio-dia). A Tam permite antecipar para qualquer outro do mesmo dia. Assim, também pode ser interessante comprar a passagem mais barata do dia e depois tentar remarcar de graça para um horário mais interessante – ou, ainda, marcar para outro que vá fazer uma escala/conexão no destino desejado. Vale lembrar que essa alteração gratuita é válida somente mediante disponibilidade de assentos.
  • Tente pesquisar passagens sempre em modo de navegação anônima, pois o site não vai identificar qualquer pesquisa que tenha feito anteriormente através dos cookies, e assim não irá aumentar o preço da passagem propositalmente.

Boa viagem! 🙂

Posts que podem interessar: Como acumular pontos Multiplus?, Como obter uma diária de hotel grátis?