Orlando, FL

Visitando o Beco Diagonal

Minha viagem passou e eu acabei não escrevendo sobre a principal atração que me levou a Orlando de novo: The Wizarding World of Harry Potter – Beco Diagonal. Dentro da Universal Studios Florida, ampliado e com a área do bruxo inaugurada em meados de 2014, a nova área torna-se imperdível pra quem vai a Orlando.

OBS: Não vou me ater aqui a falar sobre as outras atrações da Universal Studios, que já falei em post anterior, somente sobre a área nova.

Se sua viagem é com os dias contados como foi essa minha última e se não há a menor chance de você ir duas vezes no mesmo parque na mesma viagem, não vale a pena comprar os ingressos pra mais dias. Comprei o ingresso de apenas uma visita (US$105) e confesso que foi um pouco difícil de achar, pois eles sempre divulgam pra várias. Pra comprar pra só um dia clique aqui.

Para comprar pra UM parque UM dia selecione a aba SINGLE PARK TICKETS

Para comprar pra UM parque UM dia selecione a aba SINGLE PARK TICKETS

Caso você queira ter uma experiência ainda mais completa, sugiro que compre o ingresso dos dois parques: Island of Adventure e Universal Studios, pois aí poderá conhecer ambos e mergulhar de cabeça no mundo do bruxinho mais famoso do mundo (além de outras atrações, claro). 🙂

Caso você tenha o ingresso de Park-to-Park você poderá atravessar a parede de tijolos da plataforma 9 3/4, ir de Hogwarts Express, um trenzinho que parte da estação Kings Cross, na Universal Studios, e segue para a Estação de Hogsmeade, no Universal’s Islands of Adventure.

Fiquei pensando no que escrever e definir como principais atrações da nova área e cheguei só a uma conclusão: o parque em si! Não é todo dia que podemos conhecer Londres estando na América, não é mesmo? Como já fui em Londres de verdade, posso assegurar que é impressionante a reprodução da capital britânica no parque, nos mínimos e mínimos detalhes!

Leicester Square Station

Leicester Square Station

King's Cross

King’s Cross

Knight bus

Knight bus

Antes de se assustar com meus relatos, saiba que essa não é uma área com muitas atrações de aventuras, e sim a experiência em si pra quem é fã dos filmes e livros. Eu confesso que não sou tão fã como meu marido, que é completamente apaixonado e leu todos os livros, eu só assisti os filmes e mesmo assim foi encantador (pra quem é fã MESMO é de chorar).

Delicie-se pelas diversas lojinhas ao longo do Beco Diagonal, especialmente Ollivander’s, onde as varinhas escolherão você exatamente como escolheram Harry Potter. Pra quem viu o filme, sabe o que tô falando! O bom de tê-las é que tem um lado beeeeem interativo com os “trouxas”, pois tem um sensor na ponta que se comunica com outro sensor nos lugares dos feitiços. Alguns pontos ao longo do parque permitem você realmente ter a experiência de fazer mágica com o simples balançar da varinha! Destaque para o cantinho que faz chover, interação com as vitrines, etc. Caso não consiga fazer a mágica, sempre tem umas bruxinhas (funcionárias rs) que lhe ajudarão a fazer corretamente. 🙂 E como identificar onde podemos fazer mágica? Fique atento aos círculos dourados que tem no chão, se posicione em cima e tchan!!!

E claro que tirei foto com a bruxinha que me ajudou!

E claro que tirei foto com a bruxinha que me ajudou!

Por dentro da Ollivander's

Por dentro da Ollivander’s

E o que dizer do cenário mais-que-perfeito do banco de Gringotes? Minhas fotos estão a anos luz de reproduzir o que realmente é! Um grande e luxuoso lobby de mármore, em que você irá se deparar com vários duendes que são tão reais que quando te olham dão até medo, trabalhando duro, enquanto você segue para uma impressionante experiência 3D/4D para se encontrar com a temida Bellatrix Lestrange e com o Lorde das Trevas, entre feitiços, combates e muita ação! (Harry Potter and the Escape from Gringotts).

LUXO!

LUXO!

Duendes trabalhando

Duendes trabalhando

Logo acima do Banco depare-se com um dragão que cospe fogo DE VERDADE mais ou menos de 15 em 15 minutos. Confesso a vocês que fiquei mofando esperando ele cuspir fogo e não vi, só ouvi! pois quando corri já tinha parado… ele faz um barulho antes de cuspir o fogo, sinal de que você TEM que LITERALMENTE CORRER pra vê-lo!

Dragão que cospe fogo!

Dragão que cospe fogo!

Se quiser pagar suas comprinhas de um jeito diferente no parque experimente ir na casa de câmbio Gringotts Money Exchange e troque seus dólares de verdade pelo dinheiro dos bruxos (câmbio 1 pra 1). Os fãs vão à loucura!

Gringotts Money Exchange

Gringotts Money Exchange

Essa área não é pra ir com pressa e com muita sede ao pote, é preciso andar devagarinho, perceber os detalhes quase imperceptíveis das vitrines, comprar uma cerveja amanteigada tipo frozen* bem deliciosa (e bem menos enjoativa!) e curtir. 🙂

Butter beer tipo frozen

Butter beer tipo frozen

Detalhe que os fios se tecem sozinhos, sem ninguém manuseando

Detalhe que os fios se tecem sozinhos, sem ninguém manuseando

Cada esquina um detalhe...

Cada esquina um detalhe…

Até mais, Beco Diagonal!

Até mais, Beco Diagonal!

Saiba que: Caso você queira comprar o Express Pass, mais conhecido como o fura fila dos parques da Universal, não pode ser usado nas áreas do Harry Potter, então saiba que encontrará muitas filas, especialmente na atração Harry Potter and the Escape from Gringotts.

Caso você esteja hospedado no resort da Universal, sorria! Você pode entrar 1h antes dos pobres mortais (tipo eu) e consequentemente pegar menos fila 🙂

OBS: Peço desculpas pelas péssimas fotos, na próxima vez JURO que vou dar mais atenção a elas! Tenho costume de esquecer de tirar foto quando tô muito besta com um lugar, confesso.

OBS: As varinhas variam bastante de preço. A partir de US$32,00.

*As cervejas amanteigadas são vendidas tanto em copos descartáveis tipo esse da foto como em copos pra levar de recordação. Os preços variam, obviamente, esse se não me engano custou US$6,00+taxas.

E vocês? O que acharam dessa nova atração?

Quer continuar lendo sobre Orlando? Clique aqui.

Onde comer em Orlando – Red Lobster

Se você está em Orlando e já está de saco cheio de junk food, dê uma chance para o Restaurante Red Lobster, especializado em frutos do mar e presente em várias cidades nos Estados Unidos. Aos curiosos de plantão que não têm viagem marcada pros EUA, saibam que o restaurante aterrissou recentemente no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo e em Brasília.

Vivinho!!!

Vivinho!!!

ENTRADA

Pedimos baby baker potato, que são pães de batata com alho divinamente quentinhos e excelentes, na medida certa. Porção muito bem servida com 4 unidades de tamanho médio. Nota 10.

Baby baker potato

Baby baker potato

OBS: Mesmo que você não peça esse prato, eles servem à mesa.

PRATO PRINCIPAL

Eu pedi o Salmon New Orleans, salmão fresco enegrecido e coberto por camarões e molho de manteiga Cajun, servido com brócolis e outra guarnição à sua escolha – eu optei por purê de batatas. O prato chegou muito apresentável e com uma cara ótima, e quando comi tive a certeza de que não era só aparência, o sabor também estava delicioso e levemente picante, excelente pra quem não quer jacar fast food o dia inteiro!

Salmon New Orleans

Salmon New Orleans

Meu marido pediu um Lobster Shrimp & Salmon, uma mistura deliciosa de lagosta com camarão e salmão fresco grelhado e finalizado com manteiga marrom, que é nada mais que manteiga dourada na frigideira. O acompanhamento foi batatinha assada com brócolis.

Lobster Shrimp & Salmon

Lobster Shrimp & Salmon

Ambos pratos estavam ótimos, porém muito fartos. Particularmente não consegui comer todo o meu, nem meu marido o dele. Vale ressaltar que fomos para o restaurante com bastante fome, depois de um dia inteiro de parque. Caso eu volte ao restaurante, pedirei somente uma entrada e um prato principal, que seguramente será suficiente para meu marido e eu.

Como estávamos muito satisfeitos não pedimos sobremesa, pois não faria sentido. Ficou pra próxima. Buááááá!

Um pouco do cardápio

Um pouco do cardápio

ATENDIMENTO

Gostei muito do atendimento, porém achei um pouquinho demorado. Como estávamos num momento de lazer e sem pressa, não achamos ruim. Além do atendimento bom, o ambiente é bastante confortável. 🙂

QUANTO GASTAR

O prato do meu marido custou US$27,49 e o meu US$18,99, com o dólar do jeito que está não é baratinho, mas também está longe de ser um dos mais caros da cidade. Achei o preço justo, ainda mais considerando o que comemos. Se está procurando onde comer em Orlando, com US$70 um casal come tranquilamente (gorjeta inclusa). Não esqueça dela, hein? No mínimo 15% do valor total da conta.

IMG_3962

Recomendo o restaurante e pretendo voltar!

Beijos!

Compras nos EUA: Ainda vale a pena?

Olá gente! Se vocês acompanham um pouco os noticiários no Brasil sabem que o dólar essa semana (22/09/2015) alcançou o maior nível da história do Real. Agora, no momento em que escrevo esse post, ele está custando R$4,10 pra venda no dólar comercial – que não é o vendido nas casas de câmbio (Fonte: Banco Central do  Brasil).

Cheguei há poucos dias dos Estados Unidos novamente e gostaria de dividir um pouco com vocês como andam os preços por lá, e fazer uma leve comparação de quando fui em 2013, com o dólar a R$2,04 (cotação que comprei). Nessa viagem de 2015 paguei R$3,67 no mês de julho, e atualmente na mesma casa de câmbio já está R$4,34. Basta fazer uma simples continha pra ver que paguei R$1,63 a mais por cada unidade de dólar em relação à viagem anterior. É dinheiro pra dedéu.

Mas quem está com viagem marcada e está prestes a entrar em pânico com a cotação atual, a boa notícia é CALMA! Não acho que cancelar a viagem seja uma boa ideia, a não ser que vá fazer muita falta no orçamento do dia a dia do viajante. Cancelar viagem implica em pagar multas à companhia aérea, pagar diárias integrais nos hotéis caso não tenha optado pelo cancelamento grátis, etc.

O ideal é replanejar a viagem e priorizar os passeios do que as compras, pois tem muita coisa que está mais barato no Brasil que na terra do tio Sam. Mas se sobrar um dinheirinho e tempo, saibam que alguns itens em especial ainda são bem mais em conta que no Brasil, mesmo considerando esse dólar cruel.

Levi’s

Comprei duas calças na Levi’s por US$12 e US$15. O que convertendo pela cotação que comprei, saiu em média por R$49,54. É barato pra caramba! Nem nas grandes lojas de departamento no Brasil conseguimos pagar esse preço por uma boa calça comprida. 🙂

Lee

Comprei algumas camisas de algodão ótimas e custaram US$11,00/cada. O que convertendo sai por R$40,37. Achei excelente tanto as camisas quanto o preço.

Victoria’s Secret

Na última viagem pros EUA eu simplesmente saí carregada de sacolas dessa loja, inclusive com muitas lingeries, porém atualmente já não achei nada vantajoso comprar lingerie, a não ser que você não se importe de pagar mais de R$40,00 por uma calcinha. Sem contar aquelas mais bonitas e trabalhadas… essas estão mais caras ainda.

Porém, a loja é cheia de promoções que podem valer a pena. Comprei um kit com 7 produtos por US$35,00 (R$128), o que achei ainda assim muito bom. Comprei sabonete líquido esfoliante, perfumes, esfoliante para pés e perfume pós-banho. Só não comprei hidratante porque confesso que já enjoei deles e ainda tenho do meu estoque da última viagem… kkkk.

Já as nécessaires não achei tão vantajosas, na minha penúltima viagem comprei duas e agora as mesmas estão US$42,00/cada. Eu sinceramente já não acho barato (R$154,00/cada). Comprei também gloss labial por US$1,00 e que estão atualmente US$4,00. Além do fator câmbio, achei que a loja deu uma inflacionadinha.

U.S. Polo Assn.

Essa marca de roupas e acessórios americana já era barata, e mesmo com o dólar ruim, ainda continua valendo a pena. Meu marido comprou umas camisas de algodão e outras de botão por US$10,00/cada. Comprei uma sainha linda por US$11,00. No balanço final achei que valeu muito a pena pela qualidade dos produtos.

Ross

Essa grande loja de departamentos americana vende de tudo: sapatos, malas, bolsas, produtos PET, jogo de lençol, toalhas, roupas em geral, artigos para o lar, perfumes, etc. É uma grande loja meio bagunçada, então o ideal é chegar cedo pra pegar a loja ainda organizada, na medida do possível. Confesso que achei que tem muita tranqueira e produtos de baixa qualidade, mas se procurar bem também encontra uns achados lindos! Na ocasião comprei um secador de cabelo da marca Revlon, bivolt, dobrável e com 1875W de potência por US$15,00. Em lugar nenhum do Brasil você compra um secador de cabelo com as mesmas especificações pelo mesmo preço (eu havia pesquisado antes de viajar, então estava “por dentro” dos preços praticados no Brasil). Nessa loja também vi muitos vestidos de festa por aproximadamente US$20,00. É realmente um achado.

Meu achadinho!! :)

Meu achadinho!! 🙂

Vestido longo de festa: US$20

Vestido longo de festa: US$20

Coleirinha pra cachorro: US$3,49

Coleirinha pra cachorro: US$3,49

Particularmente não gostei dos artigos para o lar da Ross, muita coisa de marca mas com baixa qualidade. Produtos de marcas conhecidas fabricando lençóis de poliéster e vendendo bem mais caro que os 100% algodão. É ser muito retardado pra ainda comprar (sem ofensas a quem compra…rs).

FullSizeRender 9

Tommy Hilfiger

Essa loja queridinha dos brasileiros também já não vale muito mais a pena. Claro que existem exceções, por exemplo os produtos da gôndola “Clearance“, mas o resto nem tanto. Meu marido conseguiu umas camisas sociais bonitas por US$18,00 (100% algodão e zero poliéster). Como tínhamos ganhado um cupom de US$5 de desconto em outra loja, ainda saiu mais barato: US$13,00 por uma boa camisa social.

Maquiagem

Não vi tanta vantagem mais nessa viagem. Um batom tipo matte da NYX que no Brasil custa R$49,00, nos EUA custa R$40,00. É mais barato? É. Mas não sei se vale a pena a ida a uma loja só pra isso. Pra mim, não vale.

Os da MAC já estão praticamente o mesmo preço aqui e lá. Um batom tipo matte no Brasil custa R$69,00 e nos EUA R$67,00. Não acho que vale a pena também… melhor comprar no Brasil. Lembrando que estou utilizando para cálculo comparativo a cotação de R$3,67, que é a que comprei. Caso você compre mais caro, vale menos a pena ainda.

A única loja que achei vantajosa foi a The Cosmetics Company Store, que fica dentro do Orlando International Premium Outlets. Comprei um estojo da Clinique de rímel, lápis para olhos e demaquilante por US$16,77 (com imposto)! Já havia comprado há alguns meses atrás em Madrid só o rímel por 13€. Valeu muito a pena. 🙂

Five Below

Essa cadeia de lojas é um verdadeiro paraíso para as mamães de plantão. Isso porque a loja tem muita coisa pra criança e os produtos custam no máximo US$5,00. Você encontra bons brinquedos por US$5,00 que seguramente seriam mais caros no nosso Brasilzão. Mas também tem umas boas besteirinhas pra nós, simples mortais. Arrematei uns lencinhos umedecidos da Neutrogena de tirar maquiagem por US$1,00 e também o lip balm Eos do momento por US$3,79.

FullSizeRender 10

Walmart

Essa rede de supermercados é o paraíso dos gordinhos, das donas de casa e dos recém-casados. Compramos muitas coisas pra nossa casa lá, e realmente achei que valeu a pena! Jogo de toalhas 100% algodão egípcio, jogo de lençóis de 400 fios e algodão egípcio, porta sabonete para mãos em porcelana, produtos da marca Aussie para cabelos por US$2,89 o pote de 400g (a título de comparação um xampu da Aussie está sendo vendido no Brasil por +/- R$40). Tudo que comprei no Walmart achei que valeu a pena! 🙂 Particularmente achei melhor que a Bed Bath & Beyond por ter preço bem menor e qualidade equiparável. E bem superior à Ross.

US$26,88

US$26,88

US$33,00 (jogo de casal 100% algodão egípcio, daquelas bem fofonas, sabe?) :)

US$33,00 (jogo de casal 100% algodão egípcio, daquelas bem fofonas, sabe?) 🙂

US$26,88

US$26,88

Jogo de casal US$20

Jogo de casal US$20

US$39,88 - Jogo de casal 100% algodão egípcio

US$39,88 – Jogo de casal 100% algodão egípcio

Tá vendo esse fixador de cabelo John Frieda? Arrematei por US$2!

Tá vendo esse fixador de cabelo John Frieda? Arrematei por US$2!

O Walmart também é um paraíso para quem quer comprar produtos da Disney! Comprei uma bolsinha pra dar de presente pra minha sobrinha que custou US$6,49 e é uma graça!!! Camisas boas da Disney custam em média US$11,50 (ainda tinha mais barata, mas de tecido inferior).

Comprei um Lego pra presentear meu irmão que custou US$41,00, sendo que o mesmíssimo Lego no Brasil custa R$269,00. BEM mais barato.

E aos gordinhos de plantão, uma latona de Pringles custa US$1,50! (nhami, nhami, nhami!).

Kipling

Ao fãs do macaquinho da marca, comprei uma bolsa e uma carteira pra minha tia na loja do Sawgrass Mills e saiu bem mais em conta que no Brasil. Em breve pesquisa na internet vi que a mesma bolsa e carteira no Brasil sairiam por aproximadamente R$729,00 – nos EUA custou US$97,00. Não que seja barato, mas é bem “menos caro”. 🙂

Kipling

Kipling

Enfim, muita coisa realmente ainda é mais barata, mas não acho que justifique uma viagem apenas para esses fins. Aproveite a viagem, coma bem, vá nas atrações turísticas e não passe o dia inteiro no outlet. Compre com consciência o que realmente valer a pena, se seu bolso e seu tempo permitirem. 🙂

Um beijo!

Orlando: paixão para todas as idades!

Sempre procuro passagens aéreas para meus amigos e parentes, que não entendem como eu sempre consigo um preço legal – em quase tudo. Pra provar que não é invenção minha, anteontem encontrei uma passagem pra um familiar meu, partindo de Belém com destino a Orlando por R$975,00 (ida e volta), voando Tam. Claro que esses preços geralmente são encontrados em períodos de baixa temporada ou promoção relâmpago, mas que existe, existe, basta ter paciência e saber procurar. 🙂

Ano passado fui conhecer Orlando. Sim, fui conhecer a Disney com 25 anos nas costas mas fui. Depois dessa viagem descobri que não existe idade ideal pra Disney ser visitada, e que nem só de Disney vive Orlando… muito menos de Castelo da Cinderela e Mickey e sua turminha. Pra nossa alegria, Orlando é MAIS.

COMO CHEGAR

Fomos de Delta voltando de NY. Paguei US$117,14 no trecho Nova York – Orlando sem direito a bagagem, que paguei por fora. A aeronave é simples mas eficiente, o vôo foi bem pontual e tudo funcionou bem. 3h depois já estava no meu destino final: Aeroporto Internacional de Orlando.

Logo ao chegar fomos retirar o carro que alugamos na Hertz, fechamos o aluguel para 10 dias e saiu por US$254,42 TUDO. Ah, como eu gosto dos EUA, sempre imbatível em seus preços. Alugar carro nos Estados Unidos é muito simples e não é necessário que você tenha a carteira de habilitação internacional, com a carteira brasileira você pode alugar sem nenhum problema. Inclusive eles são muito tranquilos quanto a isso, no português claro eles NEM LIGAM, sabe? Não fizeram vistoria na devolução do carro, não fizeram absolutamente naaaada…rs. A título de curiosidade, alugamos um Nissan March.

IMG_0593

Alugar carro em Orlando é tão essencial quanto comprar ingresso para os parques. Você paga barato pelo aluguel, faz seus horários, não fica dependendo de transfer para os parques e se quiser fazer compras, tem onde guardar melhor as coisas e fazer tudo sem pressa. Sem contar que você terá a independência de ir no restaurante que quiser, a hora que quiser, etc. Só não alugue mesmo se não der, mas se tiver uma remota possibilidade de alugar, ALUGUE. Pra ser mais  sincera, eu não vi nenhum táxi na cidade (claro que eu sei que tem, mas eu não vi).

ONDE SE HOSPEDAR

Ficamos hospedados num hotel muito bom e muito barato, aliás os hotéis de Orlando têm um excelente preço. Pagamos US$55,49 na diária com café da manhã (valores de 2013), no bendito Quality Inn & Suites Universal Studios area. Não é um hotel de luxo, mas é muito bom. Além de um bom café da manhã, o hotel oferecia transfer diariamente para os parques, academia, lavanderia, wi-fi, estacionamento gratuito (importante!) e era perto de várias coisas importantes: lanchonetes, restaurantes, farmácia, posto de gasolina, etc. Para os que vão no verão, o hotel tem piscina pra relaxar um pouquinho nos dias quentes.

FL717B6

Quality Inn Hoteis & Suites Universal Studios area

FL717C2

FL717A2

Quality Inn Hoteis & Suites Universal Studios area

O quarto que eu fiquei era enorme! Tinham duas camas queen size bem confortáveis e bastante espaço livre! Bom pra quem faz compras, pois uma cama fica só pra elas…rs. Além disso, os quartos eram limpos diariamente e o staff era amigável. Caso eu volte em Orlando um dia, com certeza me hospedaria de novo nesse hotel. Não tenho nada a reclamar.

ONDE ESTACIONAR O CARRO NOS PARQUES

Todos os parques têm estacionamentos gigantescos e claro, você terá que pagar por eles. Atualmente o valor está em US$17,00/dia para automóveis de passeio, porém você poderá se locomover por todos os parques do Complexo Disney com o mesmo ticket do estacionamento. Universal Studios  também é o mesmo preço. O único que é um pouco mais barato é o Sea World, que atualmente está US$14,00 (valores de 2014). Recomendo que tire uma foto do local em que está estacionando, pois depois de um dia super cansativo não é muito legal ter que ficar procurando o carro…

Saiba que ao estacionar, você ainda terá que pegar um trenzinho para chegar ao parque. Muitas vezes a fila pro trenzinho é gigantesca, mas respire fundo e segure a ansiedade! 😀

IMG_0775

OBS: Se você está hospedado em alguns dos resorts do complexo, o estacionamento é gratuito. Se não tiver alugado carro, a cada 20min partem ônibus dos hotéis com destino ao parque, e deixam você diretamente na entrada.

O QUE FAZER

Walt Disney World: O mais famoso complexo de parques está localizado na cidade de Lake Buena Vista, Florida, a aproximadamente 15km do hotel que fiquei hospedada. Fazem parte desse complexo os seguintes parques:

  • Magic Kingdom: Para quem vai a Disney pela primeira vez, recomendo MUITO que faça desse parque sua primeira parada. Ele é o parque que vai fazer cair sua ficha de que “caramba, tô na Disney!” 😀 Nesse lugar todo mundo volta a ser criança, e se você não visitou a Disney durante sua infância não se preocupe, sua infância virá até você a partir do momento que  você colocar os pés lá. 😀sticker,375x360.u1

Logo ao entrar já dá pra perceber que entramos num mundo mágico, pois mesmo de longe já conseguimos ver o famoso Castelo da Cinderela, que fica bem no centro do parque. Para ver a lista de atrações para adultos, clique aqui. Como são muitas atrações, não terminaria nunca o post se fosse falar de cada uma delas. Porém, fica a dica: Vá de tênis, roupa confortável, chegue cedo e passe o dia lá, até a hora da tradicional parada e fogos de artifício. Vá consciente também de que poderá se molhar em alguns brinquedos, como o Splash Mountain. Ah, e vá consciente de que não é permitido entrar no parque com qualquer tipo de alimento, e que se você tiver fome, terá que comer lá dentro – e não é muito barato. 

IMG_0673

Uma das “tranqueiras” que comemos, pra vocês terem uma ideia de preço… (valores de 2013)

IMG_0611

Claro que tiramos fotos com o Mickey! 🙂

IMG_0751

Lindo, lindo, lindo!

IMG_0772

=D

  • Epcot: Essa palavra significa “Protótipo Experimental da Comunidade do Amanhã” e é o segundo parque da Disney, inaugurado em 1982. Esse parque “moderno” tem uma pitada de futurismo em tudo. Não deixe de ir no Soaring, que é uma espécie filme em 4-D que você faz um vôo de asa delta pela Califórnia, só que você não fica sentado em poltronas convencionais, são poltronas tipo de montanha-russa, é sensacional! (a fila é GIGANTE, mas não deixe de ir). 
  • Disney’s Hollywood Studios: Esse parque, como vocês devem imaginar, é todo baseado nos filmes de Hollywood. Todas as atrações são relacionadas com o cinema e televisão, e as principais são: Rock’n’Roller Coaster Starring Aerosmith, uma montanha-russa no escuro em alta velocidade que tem como trilha sonora, obviamente, Aerosmith. Outra atração famosa é o famoso elevador The Twilight Zone Tower of Terror, que CLARO que eu não fui porque sou muito medrosa, sim! Na verdade acho que se eu fosse nem iria me divertir, de tanto pavor que iria ficar. Fiquei do lado de fora ouvindo os gritos das pessoas e me divertindo com eles…rs. Um simulador legal que tem lá é o Star Tours – The Adventures Continue, aliás ENTREM em todos os simuladores que vocês verem, todos que fui foram excelentes!!
IMG_0806

Rock’n’Roller Coaster Starring Aerosmith

IMG_0804

The Twilight Zone Tower of Terror

  •  Disney’s Animal Kingdom: Esse é o parque mais novo da Disney e o tema são os animais, no local tem mais de 250 espécies diferentes. Uma das principais atrações é o Expedition Everest, que nada mais é do que uma montanha-russa de alta velocidade que faz uma simulação de expedição pelo Everest, em que acontece um “acidente” na pista e os carrinhos tem que voltar… de ré. Essa atração é muito bonita e li em alguns sites que é uma das montanhas-russas mais caras de toda a história, e não é pra menos, ela é linda demais e realmente impressionante. Aliás, tudo nos parques são bem feitos e Walt Disney atingiu a perfeição do seu trabalho ao criá-los e inspirá-los. O parque tem outras boas atrações, inclusive uma montanha-russa bem bobona pra quem é um pouco mais radical (eu não sou!) mas que no final foi uma boa surpresa e nos garantiu umas boas risadas: Primeval Whirl.
20130608_114859

Expedition Everest

Esses são os parques da Disney, compramos através do decolar.com e pagamos R$642,00/pessoa pelos quatro parques. Pesquisei hoje, e no mesmo site sai por R$736,00. Porém, tem que levar em consideração que o dólar aumentou em relação à época que fui. 

Agora na sequência vou falar dos outros parques e vou começar pelo melhor de todos: Universal Studios. Esse complexo de atrações reúne o melhor do cinema em dois parques:

20130609_102405

Universal! 😀

foto

Revenge of The Mummy

  • Island of Adventure: Lá estão as atrações que – pra mim – são as mais legais (Walt Disney que me desculpe). Nesse famoso parque está a super atração Harry Potter and the Forbidden Journey, e se você é fã dos filmes vai AMAR! As atrações possibilitam que os visitantes “entrem” nos filmes de maneira incrível! Em resumo, Harry Potter e sua turminha convencerão você a cabular uma aula e segui-los. Você – obviamente – irá aceitar e usar o Pó de Flu para viajar. Você sobrevoará Hogwarts e terá que escapar do ataque de um dragão, e depois disputar uma partida de Quadribol – FANTÁSTICO E IMPERDÍVEL. Outro ponto forte do Island of Adventure é o Jurassic Park River Adventure, você também irá imergir no clássico filme Jurassic Park. Tudo começa bonitinho com um passeio na água, em que aparecerão dinossauros pelo caminho, até que o suspense começa quando dinossauros perigosos vão fugir (como no filme!) e  você entrará num caminho escuro, com cada vez mais suspense e dará de cara com um tiranossauro, e para fugir dele PLOFT você irá desabar lá do alto e tomar um belo susto! Apesar de ser muito medrosa e ter medo de altura, é sensacional! Saí toda encharcada, mas fui duas vezes, e no final comprei uma foto pra levar pra casa (preço da foto: US$25/valores de 2013). Pra quem não tem problemas no coração, não deixe de ir na super montanha-russa do Hulk: The Incredible Hulk Coaster. Como fui duas vezes na atração do Jurassic Park e em seguida na Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges, e depois na Dudley Do-Right’s Ripsall Falls (a queda é muito alta e assusta!) fiquei TOTALMENTE encharcada e senti muito frio na entrada da atração do Amazing Adventures of Spider Man, que é um simulador extremamente recomendado. DICA: Vá primeiro nos simuladores, que tem ambiente refrigerado, e só depois vá nas atrações que molham.  
IMG_0994

The Lost Continent

20130609_184049

Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges

IMG_1028

Dudley Do-Right’s Ripsall Falls

IMG_0829

Island of Adventure

IMG_1002

Bem vindo a Hogwarts! (Meu marido quase emocionado…rs)

foto

Aguenta coração! – The Wizarding World of Harry Potter

IMG_1018

Jurassic Park Discovery Center

IMG_0990

The Incredible Hulk Coaster

Outro parque que visitamos e que até poderia não ter ido que minha viagem teria sido perfeita do mesmo jeito foi o Sea World. Confesso que fiquei um pouco decepcionada com esse parque, mas depois de ter ido nos parques da Disney e Universal, qualquer um me decepcionaria…rs. O ponto alto é o espetáculo da Shamu e dos golfinhos, e esse último foi uma decepção: tinham mais pessoas do que golfinhos e parece que estes estavam sendo deixados no segundo plano e deixando de ser atração principal, achei fraquíssimo. Porém, o da Shamu é bem legal e bonito, valeu o ingresso do parque. DICA: Se não quiser se molhar, não sente na frente. Outra decepção foi a atração Empire of the Penguin (meu marido reclama disso até hoje!) apesar da propaganda de que foi o maior investimento já feito pelo Sea World, a atração é fraquíssima: pinguins, acho vocês lindos, mas ficar na fila torrando durante 2h não dá – sem contar que torrei no sol e ao entrar na atração a sensação térmica é de zero graus (é pra arrebentar logo né?). Eles te convidam pra escolher a opção “com emoção” ou “sem emoção”, apesar de ter escolhido “com emoção” me colocaram numas cadeiras que mais pareciam a xícara maluca do Centro ITA (paraenses, vocês vão me entender) que me levava até os pinguins. SÓ ISSO e PONTO. Pra quem gosta de aquário, o do Sea World é bem bonito. E pra quem gosta de montanha-russa, lá tem umas bem piradas: Manta e Kraken – claro que não fui, se tivesse ido com certeza teria morrido e não estaria aqui contando da viagem pra vocês. Não deixe pra comprar o ingresso na hora, compre online direto pelo site oficialPreço: US$88,19 (com taxas, valores de 2014).

IMG_1046

Tá louco?

IMG_1156

Shamu posando pra foto!

IMG_1076

Crianças na espera…

IMG_1079

Esses bichos comem, viu?

IMG_1096

Espetáculo dos golfinhos… ou seria dos humanos? :/

IMG_1133

Baleias arrasando!

Apesar de já ter falado de todos os parques que fui, ainda não acabei de contar os lugares que visitei. Não deixe de passear à noite no Downtown Disney Area, lugar super movimentado com muitas lojinhas e opções de lugares pra comer, inclusive o Planet Hollywood. Ainda no Downtown Disney, fui no Cirque du Soleil – La Nouba, gostei bastante e até meu marido que não é nada fã desse tipo de atração gostou. Comprei o ingresso online, fiquei num local bem localizado e paguei US$108,90 (valores de 2013). Curiosidade: Lá tem tanto brasileiro que tinham funcionários brasileiros trabalhando para acomodar a plateia em seus devidos lugares, plateia essa formada grande parte por conterrâneos.

20130608_231053

Planet Hollywood

IMG_0923

Cirque du Soleil (não é permitido fotografar o espetáculo)

Quando a fome bater...

E claro, não deixe de ir jantar em um dos restaurantes do Universal City Walk, semelhante ao Downtown Disney Area. Por lá estão o Hard Rock Cafe e o Bubba Gump Shrimp, restaurante temático que tem como tema o clássico filme Forrest Gump – excelente!.

IMG-20130609-WA0016

Run Forrest Run!

20130609_223219

Bubba Gump

20130609_223729

Isso era uma “amostra” de sobremesa :O

E por falar em comer, gostei de comer no Outback, achei a qualidade bem superior a todos que já fui em São Paulo – o atendimento nem se fala (e o preço também!). Quando a garçonete soube que estávamos de lua de mel escreveu na conta em português “Parabéns”, muito simpática, né? Endereço do que fomos: 4845 S Kirkman Rd Orlando, FL 32811.

20130608_154516

Só faltou o acento, mas valeu a intenção! hehehe

Outro lugar que foi uma boa surpresa foi o Hooters, destino nada romântico pra quem está de lua de mel, eu sei, mas tinha um na frente do hotel e esse dia estávamos super cansados e com muita preguiça de ir pra longe e fomos lá mesmo. Porém, super tranquilo… as meninas usam as roupas curtas, mas pra minha alegria elas não eram bonitas não…rs. A comida era boa (no estilo Hooters) e lembro de um peixinho frito que comi excelente. Em comparação com o de São Paulo, que também já fui, esse dá de 10: atendimento melhor, comida incomparável e muito mais barato (o de São Paulo o pão do sanduíche que comi era velho e super seco!). Endereço: 5300 S Kirkman Rd Orlando, FL 32819.

Boa pedida também foi comer no TGI Fridays. Vocês já perceberam que minha alimentação estava super saudável nessa viagem, né? Mas valeu a pena. Gostei muito de comer uma carne com molho de whisky Jack Daniel’s, apesar de ter tomado um suco de grapefruit TERRÍVEL. Recomendo a ida (só não recomendo o suco!). Endereço: Vários pela cidade, o que fui era ao lado de uma Best Buy.

Outros famosinhos por lá são os da rede Olive Garden (comida italiana), Red Lobster (frutos do mar), Applebee’s (casual) e Cheesecake Factory (têm várias coisas, mas os mais importantes são os cheesecakes d-i-v-i-n-o-s).

CURIOSIDADES...
  • O imposto em Orlando é 6,5%, então todos os preços que vocês verem anunciados, acrescente o imposto, pois é separado. Por exemplo, na conta do Outback (acima) o sub-total deu US$37,55, mais os 6,5% de tributos. Isso serve para tudo: restaurante, lojas, etc.;
  • É impressionante a quantidade de obesos nos EUA, há pesquisas que dizem que há atualmente 99 milhões de pessoas nessa situação em todo país. Podemos ver isso facilmente pelos parques: ao invés de caminhar durante o passeio, eles alugam cadeiras de roda pra ficar mais “à vontade”;
  • O incentivo a fast foods da vida é muito visível na terra do tio Sam. Teve um determinado momento que eu não aguentava mais comer besteira e fui comprar fruta, para minha surpresa uma (UMA!) unidade de banana custava US$1,50, comprei mas achei super caro…;
  • A gorjeta no EUA é sagrada, não deixe de dar. Pra quem não sabe, geralmente os garçons não tem salário fixo, então toda renda deles vem das gorjetas, o que de uma certa forma os obrigam a prestar um bom serviço. Em Orlando deixar no mínimo 15% do valor total da conta está de bom tamanho. Geralmente a gorjeta não vem incluída no valor total da conta, note que vem um campo em branco para você escrever quanto quer deixar de “tip“.
donaldtrumptipfaaf

Se não puder, não precisa fazer igual o magnata Donald Trump que deixou US$10.000,00 de gorjeta. Vocês conseguem imaginar a alegria desse garçom?

Depois volto aqui pra contar pra vocês os lugares que escolhi para fazer compras em Orlando.

Beijos!

Post que pode interessar: Miami – Destino preferido dos brazucas

 

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE